Umuarama

Móveis devem ser desmontados para descartes no aterro sanitário

Volume aumentou e restrições são adotadas

A partir de 10 de outubro, móveis velhos, paletes e outros resíduos de madeira deverão ser desmontados para serem descartados no Aterro Sanitário Municipal. Além disso, será necessário retirar também todo tipo de ferragem (como pregos, parafusos, dobradiças, fechaduras) e maçanetas, que deverão ser entregues separadamente.

De acordo com a Secretaria Municipal do Meio Ambiente, a quantidade de materiais tem aumentado consideravelmente nos últimos tempos e ocupado grande espaço na célula destinada aos materiais volumosos. “Esse tipo de resíduo será recebido normalmente no aterro, porém os geradores terão de tomar esse cuidado – desmontar os móveis e separar a madeira das ferragens e plásticos, que deverão ser entregues a parte”, explicou o secretário Rubens Sampaio.

De acordo com a chefe de Divisão, Rafaela Moreira, a medida tornou-se necessária devido ao aumento do volume recebido diariamente no aterro. Sem esse cuidado a mais, fica impossibilitada a destinação final ambientalmente correta.

Imagem aérea do Aterro Sanitário de Umuarama.

Rubens Sampaio acrescenta que com o crescimento da cidade, cresce também – na mesma proporção – a geração de resíduos dos mais variados tipos, o que aumenta consequentemente a pressão sobre o aterro sanitário. “Para continuarmos recebendo todos os materiais que a população precisa descartar, e sem ir em desacordo com as legislações vigentes, optamos por esta medida”, explicou.

  • Assessoria

Leave a Response

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio

Jornal Milênio

Portal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.