Umuarama

DER executa serviços emergenciais na PR-323, em Umuarama

Obra emergencial vai recuperar trecho da PR-323 em Umuarama

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR), autarquia da Secretaria de Infraestrutura e Logística (SEIL), está atuando para recuperar o km 300 da PR-323 em Umuarama, demolido pelas fortes chuvas das últimas semanas.

A obra emergencial teve início dia 13 de janeiro, com a empreiteira contratada mobilizando insumos, maquinário e pessoal, e já na segunda-feira (15) começaram os serviços de reforço no ponto mais danificado, principalmente por meio de enrocamento de pedra, em que estes materiais são posicionados no aterro para protegê-lo contra as águas. O investimento é de R$ 1.135.768,24, com previsão de conclusão em 90 dias.

“Queremos entregar o mais rápido possível essa obra. Sabemos que a cada dia é um transtorno para a cidade de Umuarama e para a região”, afirmou o secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, Sandro Alex, que fez uma visita técnica ao trecho junto com o diretor-presidente do DER/PR, Fernando Furiatti, e o prefeito de Umuarama, Celso Pozzobom.

A frente de trabalho permanece realizando melhorias para evitar que o dano se agrave, e também vai preparar o local para implantação de um novo bueiro, que terá dimensões maiores que o original, para atender a vazão de águas.

Na sequência será realizado o retaludamento, nova pavimentação, sinalização e implantação de dispositivos de segurança no lado direito da rodovia, com os mesmos serviços sendo realizados no lado esquerdo, assim que as novas pistas estiverem liberadas.

Neste contrato também estão sendo realizadas melhorias em um ponto de erosão no km 299, com previsão de reparos e reforços no bueiro de concreto, seguida pela recomposição do talude e nova pavimentação.

Rompimento

Obra emergencial vai recuperar trecho da PR-323 em Umuarama

Em 23 de dezembro do ano passado, após Umuarama acumular um volume de chuvas de 78,2 milímetros em um único dia, segundo registro do Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar), o bueiro metálico sob o km 300 da PR-323 começou a ceder, levando ao colapso de metade da pista direita (sentido Guaíra). Como o trecho é duplicado, foi possível manter o tráfego na rodovia utilizando as pistas do sentido oposto, convertidas para mão dupla.

Logo em seguida o DER/PR iniciou os levantamentos e estudos necessários para elaboração de projeto de engenharia para recuperação do local, enquanto mantinha o trecho sinalizado e monitorado.

Em 9 de janeiro, antes de o contrato ter sido assinado, Umuarama foi atingida por volume semelhante de chuvas, 69,4 mm, causando o colapso total da pista direita e danos severos ao acostamento externo da pista esquerda (sentido Maringá).

Na véspera da assinatura do contrato, na sexta-feira (12), foi feito um serviço de reforço por meio de equipe de administração direta do Escritório Regional Entre Rios, da Superintendência Regional Noroeste do DER/PR, em parceria com a prefeitura de Umuarama, garantindo que o trecho não fosse ainda mais danificado durante o fim de semana.

Já com a empresa no trecho, nos dias 15 e 17 foram registrados cerca de 30 mm de chuvas, prejudicando o andamento dos reforços de talude, bem como levando à interdição preventiva da pista esquerda. O tráfego foi liberado em meia pista, após as águas baixarem e ser realizada avaliação da estabilidade do talude.

Bloqueios semelhantes podem voltar a acontecer em ocasiões de muitas chuvas, e o DER/PR está estudando alternativas de tráfego, caso seja necessária uma interdição prolongada.

  • Assessoria 
  • Fotos: Rodrigo Félix Leal

Leave a Response

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio

Jornal Milênio

Portal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.