Policial

Volume de drogas apreendidas na região de fronteira aumentou 88% em 2022

Ação do Batalhão de Fronteira reduz criminalidade na área fronteiriça

Atuando no controle aduaneiro, BPFron aumenta as apreensões de drogas em 2022 -

O Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron), unidade especializada da Polícia Militar do Paraná (PMPR), registrou crescimento em seus índices de combate à criminalidade durante o ano de 2022. No ano passado, a unidade apreendeu 78 toneladas de drogas, volume 88% maior do que o registrado em 2021, quando foram apreendidas aproximadamente 42 toneladas.

O Batalhão é encarregado do policiamento ostensivo e preventivo nas fronteiras do Brasil com o Paraguai e a Argentina.

No caso de medicamentos sem autorização dos órgãos de saúde e vigilância sanitária, foram 47 mil unidades interceptadas. Já os agrotóxicos somaram 29 mil unidades e as munições, 6.205.

O BPFron também foi responsável pela prisão de 619 pessoas envolvidas com diferentes tipos de crimes e pela apreensão de 5.477 volumes de contrabando de produtos diversos e de 140 armas de fogo irregulares.

O Batalhão registrou, ainda, aumento de veículos recuperados (29%), ultrapassando a marca de 100 apreensões, enquanto que em 2021 elas totalizaram 78. Além disso, foram apreendidas 100 embarcações em situação de flagrante ao tentar acessar o território nacional com ilícitos dos mais diversos tipos.

Atuando no controle aduaneiro, BPFron aumenta as apreensões de drogas em 2022.

“Todos esses resultados demonstram o trabalho desenvolvido pela Polícia Militar em região de fronteira, principalmente pelo papel que o Batalhão de Polícia de Fronteira desempenha, que é a integração com as forças de segurança, defesa e controle aduaneiro para trazer mais tranquilidade à nossa população”, disse o comandante do BPFron, Tenente-Coronel André Cristiano Dorecki.

O BPFron está presente em 139 municípios na faixa de fronteira do Estado, que abrange um raio de 150 km, além da linha divisória terrestre do território nacional. Sua sede está localizada em Marechal Cândido Rondon, no Oeste, bem como sua primeira companhia. Já a segunda, a terceira e a quarta companhias estão situadas em Guaíra, Santo Antônio do Sudoeste e Umuarama.

A base do Pelotão C.O.B.R.A. (Corpo de Operações de Busca e Repressão Aquática) está em Entre Rios do Oeste e o Pelotão de Operações com Cães do BPFRON fica na sede da unidade em Marechal Cândido Rondon.

  • Assessoria 

Leave a Response

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio

Jornal Milênio

Portal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.