Umuarama

Familiares e amigos se despedem do pioneiro Antônio Picotti

Foi comunicado na tarde desta quarta-feira (11) o falecimento de Antônio Picotti, aos 93 anos. Com idade avançada, teve falência múltipla de órgãos, informou um familiar. Velório do corpo no Memorial Prever e sepultamento às 15h de quinta-feira no Cemitério de Umuarama.

Antônio Picotti é um dos ilustres pioneiros do município de Umuarama. Foi um dos mais tradicionais taxistas do ponto localizado na Praça Arthur Thomas, onde trabalhou durante mais de 40 anos.

Toninho Picotti nasceu em 31 de maio de 1929, na cidade de Limeira (SP). Era casado com a também paulista Rita Vanzela, hoje, viúva com 88 anos. O casal teve três filhos: Ângelo Luiz, Maria de Lurdes e Neuza.

De origem italiana, Antônio Picotti saiu ainda jovem de Limeira e foi residir em Getulina, no interior paulista. Depois veio para o Paraná, tendo como primeira cidade Rolândia, onde se casou com Rita Vanzela. Nesta cidade nasceram seus filhos.

Após 8 anos decidiu conhecer  Umuarama, onde chegou em 2 de fevereiro de 1957. A sua atividade inicial foi carpinteiro, entre 1957 e 1960, tendo construído sua própria casa de madeira, na Avenida Paraná.

Após o ano 1960 foi trabalhar de taxista, percorrendo estradas de chão entre florestas. Até 1971 o carro era um Jeep 4 portas. Depois comprou um VW Fusca e um Ford Corcel cor de laranja. Durante mais de 40 anos exerceu essa profissão transportando pessoas, e registrou sua história na Capital da Amizade.

  • Editoria Milênio
  • Foto: Arquivo de Família

 

 

Leave a Response

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio

Jornal Milênio

Portal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.