Policial

7º BPM de Cruzeiro do Oeste realizou exercício simulado de combate a crimes

O 7º Batalhão de Polícia Militar do Paraná – sediado em Cruzeiro do Oeste – realizou na noite de 22 de novembro um exercício simulado de combata a crimes violentos cometidos contra o patrimônio. Aproximadamente 100 militares e uma dezena de viaturas participaram da ação.

A ação simulada que faz parte do Plano de Defesa Territorial no município de Cruzeiro do Oeste foi colocada em prática por aproximadamente 100 militares pertencentes ao 7º BPM, policiais rodoviários, ambientais e bombeiros. Também integraram a operação agentes dos batalhões que fazem divisa nesta área, com o 25º BPM (Umuarama), 8º BPM (Paranavaí), 11º BPM (Campo Mourão), 19º BPM (Toledo), 3ª Companhia (Loanda), 5ª Companhia (Cianorte) e 4ª Companhia do BPFRON (Umuarama). O plano foi executado com acionamento do efetivo escalado e de folga, com emprego imediato no combate à ação criminosa.

Dinâmica da operação simulada

A prática se iniciou por volta das 23h e teve duração aproximada de 2 horas, iniciando o ataque encenado por 10 policiais militares da reserva remunerada na sede da Unidade, seguindo para a região central da cidade com a simulação de roubo a uma agência bancária. Durante todo o simulado foram utilizadas munições de festim (não letal) e bombas de pólvora. Na sequência do exercício foi montado um Posto de Comando fora da Sede da OPM, para monitoramento da atividade criminosa, feita através de câmeras do município, além do planejamento e orientação da ação policial. Durante o desdobramento, equipes policias fizeram a retomada da Unidade e montaram bloqueios nas possíveis rota de fuga dos marginais, sendo possíveis frustrar os planos deles através de barreiras pela rodovia PR-180, quando empreenderam fuga em meio a mata, e após monitoramento de outras rotas de fuga e retomada de buscas ao nascer do dia, foi obtido êxito na captura de parte da ‘quadrilha’, sendo então finalizado o exercício.

Preparação

O Comandante do 7º BPM, Major Edson Kamakawa, destacou que a aplicação do Plano de Defesa Territorial é importante para o preparo dos policiais empregados, além de possibilitar a identificação dos pontos que precisam de maior atenção durante o combate de ações criminosas, zelando assim, pela preservação e manutenção da segurança da população e do efetivo policial militar. O oficial agradeceu a colaboração das equipes especializadas que participaram do exercício, bem como dos policiais da reserva remunerada e da comunidade de Cruzeiro do Oeste que colaborou para que o simulado acontecesse em segurança para todos.

Comandante Major Edson Kamakawa reuniu a tropa antes do exercício.
  • Editoria Milênio
  • Fotos: Divulgação

 

 

Leave a Response

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio

Jornal Milênio

Portal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.