Regional

Prefeitura de Cruzeiro do Oeste pode ter sido vítima de crime cibernético

Cerca de R$ 430 mil desapareceram de conta bancária

A Prefeitura de Cruzeiro do Oeste (22 mil habitantes) pode ter sido vítima de um crime cibernético nesta semana. Os primeiros levantamentos indicaram que cerca de R$ 430 mil desapareceram misteriosamente de uma conta bancária de titularidade do município.

A conta é mantida pela Caixa Econômica Federal, segundo a prefeita Helena Bertoco. A instituição está prestando apoio com sua equipe especializada, na apuração dos fatos. Um boletim de ocorrência foi registrado na Polícia Civil, mas outro órgão especialista nesse tipo de crime já teria sido acionado para aprofundar nas investigações.

Há tentativas de bloqueios de contas para as quais o dinheiro teria sido transferido por meio de dispositivo digital. Segundo informações, já foram identificados endereços (CNPJs/empresas) em Fortaleza (CE), Mogi das Cruzes (SP), Piracaia (SP) e Planaltina (GO).

A prefeita informou que uma comissão foi constituída no âmbito da administração municipal para investigar os fatos. Os computadores e aparelhos celulares serão periciados (o que poderá indicar ou não eventual movimentação de senhas).

Helena Bertoco disse que ainda não há certeza de onde partiu o uso indevido de senhas, mas acredita que o dinheiro será resgatado para os cofres do município. Ela disse aguardar esclarecimento sobre o fato para informar a população sobre responsabilidades.

  • Editoria Milênio

Leave a Response

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio

Jornal Milênio

Portal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.