Saúde

Hospital Cemil fez captação de múltiplos órgãos no primeiro dia de 2024

Procedimento é realizado somente com autorização familiar

A família de um paciente internado na UTI Adulto do Hospital Cemil, com morte encefálica confirmada, autorizou a doação de múltiplos órgãos. A cirurgia de captação foi realizada na segunda-feira (1), trazendo conforto aos familiares do doador e esperança de vida nova para diversos pacientes que aguardam na fila por um transplante.
Segundo representantes da Comissão Intra-hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos (CIHDOTT) do Hospital Cemil, a doação de órgãos e tecidos é um direito do paciente e seus familiares e a Unidade Hospitalar tem o dever informar e esclarecer todas as dúvidas sobre esse direito e o processo de doação.
Na captação realizada neste primeiro de janeiro, o paciente havia expressado seu desejo à família, que após todos os esclarecimentos e informações repassadas pela CIHDOTT do Hospital Cemil, prontamente autorizou a doação.
O procedimento só ocorre quando há a confirmação da morte encefálica em paciente internado em Unidade de Terapia Intensiva, após a liberação da Central Estadual de Transplante do Paraná – CET/PR e com autorização expressa e de comum acordo da família.

  • Assessoria de Comunicação 

Leave a Response

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio

Jornal Milênio

Portal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.