Paraná

Unipar entra na disputa por curso de Medicina em Francisco Beltrão

Documento formaliza adesão do município ao chamamento para receber o curso

O município de Francisco Beltrão aderiu oficialmente ao chamamento público para o curso de Medicina. O termo de adesão da Prefeitura e da Universidade Paranaense – Unipar foi assinado no dia 20 de novembro.

Participaram o prefeito Cleber Fontana, o diretor do Campus local da Unipar, professor Claudemir José de Souza, 0o secretário municipal de Saúde, Manoel Brezolin, juntamente com integrantes da equipe administrativa da secretaria e vereadores.

O Governo Federal lançou novo edital no dia 4 de outubro, prevendo 95 novos cursos de Medicina em todo o país. Só no Paraná são 4 novos. As regionais de saúde consideradas aptas a receber o curso são Francisco Beltrão, Paranavaí, Cornélio Procópio, Ponta Grossa, Jacarezinho, Ivaiporã e Apucarana.

“É mais um momento importante e relevante para o nosso município. É preciso valorizar mais este pleito que deve resultar nesta importante conquista, em especial para as áreas de saúde e de educação”, disse o prefeito Cleber Fontana. Também parabenizou o diretor Claudemir, bem como as lideranças políticas e entidades envolvidas no pleito, considerado de suma importância para todo o Sudoeste.

Documento de adesão foi assinado e formalizado.

“Com este curso em Beltrão mais pessoas da região terão a oportunidade de se formar e permanecer no Sudoeste, atendendo à população”, disse o diretor Claudemir. Mais uma vez agradeceu a colaboração da prefeitura, bem como toda a estrutura da saúde, deputados Zeca Dirceu, Ademar Traiano, Luciana Rafagnin e Wilmar Reichembach, Amsop, Associação Empresarial (Acefb), 8ª Regional de Saúde e demais segmentos envolvidos.

60 vagas

O novo curso de Medicina vai ofertar 60 vagas. O chamamento público para a escolha da instituição deve ser concluído até meados de 2024 e o início das aulas está previsto para 2025. Se Beltrão for a escolhida pelo Ministério da Educação, passará a contar com dois cursos de medicina, pois a Unioeste já possui. “São poucas cidades no Brasil na faixa dos 100 mil habitantes com curso de medicina e seremos destaque nacional com dois cursos nesta área”, enfatiza Claudemir.

  • Assessoria 

Leave a Response

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio

Jornal Milênio

Portal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.