Umuarama

Umuarama aumentou sustentabilidade do ambiente de negócios

Com alto potencial, é uma das cidades que mais crescem no Paraná

Umuarama, sob a administração de Hermes Pimentel, tem se dedicado ao desenvolvimento e aplicação de programas que qualifiquem os pequenos negócios, simplifiquem e desburocratizem a abertura e licenciamento de empresas, atraiam novos negócios ou aumentem a participação dos mercados existentes.

É desta forma que o secretário Marcelo Adriano Lopes da Silva, resume os trabalhos realizados pela Secretaria Municipal de Indústria e Comércio.

Relatório 

Ele apresentou um relatório destacando as frentes de atuação de sua pasta, que incluem, entre outros órgãos, a Casa do Empreendedor, a Agência do Trabalhador e a recém-lançada Zona de Processamento de Exportações (ZPE). “Acompanhar as constantes mudanças econômicas e sociais que acontecem em todo o mundo e gerir oportunidades para novas necessidades e potencialidades que existem em nosso município requer uma busca e aplicação constante de novos políticas públicas. E o prefeito Pimentel está sempre antenado para nossa Secretaria tenha projetos que gerem empregos e renda para o município”, afirma.

O secretário comenta que Umuarama sempre foi suporte para toda a região, com comércio e serviços, com grandes destaques na educação, na saúde, no abastecimento de alimentos, comércio e consertos do setor automobilístico, materiais e serviços de construção civil, confecções e outros. “Nossa indústria distribui seus produtos para quase todo o Brasil e várias estão exportando, aí os setores mais abrangentes são o alimentício e o moveleiro, não podemos esquecer os de baterias e lubrificantes automotivos, além do de confecções”, destaca.

Umuarama tem uma economia bastante inclusiva, como analisa o secretário, levando em conta os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). “De 1º de janeiro de 2021 até outubro de 2022, o município gerou 3.166 empregos devidamente registrados. Segundo a RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) de 2021, 45,5% dos trabalhadores eram mulheres, 267 eram pessoas com deficiência (PcD), 415 tinham até 17 anos de idade e 1.432 tinham 60 anos ou mais. Mais de 5.200 trabalhadores tinham formação superior e outros 1.200 estavam cursando”, informa.

Empresas 

Das 14.795 empresas ativas em Umuarama, 7.361 são Microempreendedores Individuais (MEIs) e 7.434 de outros portes. “Vale destacar que, com os processos digitais, o tempo médio geral de abertura de uma empresa em Umuarama é de 12 horas, sendo que no Paraná é de 19 horas e no Brasil de 35 horas. Outro dado importante vem do site Comex Vis (da Balança Comercial de Exportações), que registrou U$ 76,7 milhões na balança comercial para Umuarama, de janeiro a novembro, sendo que as exportações já são 40,9% maiores que 2021 inteiro”, analisa.

Lugar para se investir

Cidade se destaca pelo ambiente seguro para negócios.

Entre as ações da Secretaria de Indústria e Comércio, destaque para o Prodeu (Programa de Desenvolvimento de Umuarama), voltado para a atração de investimentos e ampliação dos parques industriais do município. “Em 2022 dez empresas entraram no Prodeu, com compromisso de investimento de R$ 10,5 milhões e construção de 22 mil m² para a geração de ao menos 150 novas vagas de empregos. Enquanto no Brasil e no Paraná os setores que mais cresceram no biênio 2021/2022 foram a construção civil e serviços, em Umuarama foi a indústria.

Após anos de tentativas, foi exatamente na gestão de Hermes Pimentel que a Secretaria de Indústria e Comércio conquistou a certificação e o início dos voos comerciais no Aeroporto Orlando de Carvalho, além da inauguração da nova Estação Rodoviária, por onde passaram nada menos que 800 mil pessoas no ano passado.

Agência do Trabalhador

A Agência do Trabalhador de Umuarama é referência não só dentro do Paraná, como para outros municípios brasileiros, com forte atuação na capacitação de mão de obra, seleção de trabalhadores e os já tradicionais feirões do trabalho, além de possuir – e disponibilizar às empresas – toda sua infraestrutura para que as empresas possam fazer cursos, entrevistas de emprego e registro de funcionários. “Em 2022 foram 560 trabalhadores fazendo cursos de capacitação profissional pagos pela administração pública”, indicou.

Casa do Empreendedor

A Casa do Empreendedor, que tem mais de sete mil empresas MEI para orientar, treinar, dar acesso a crédito e garantia de crédito, atendeu a 1.600 participantes entre palestras e cursos. “O que mais interessa à gestão pública é a participação de todos: empresas e população em geral, que por meio dos conselhos e entidades parceiras, contribuam para o desenvolvimento futuro do município, com suas ideias, opiniões, experiências e conhecimento. Se somarmos tudo, com certeza alcançaremos um futuro melhor para todos”, finalizou o secretário.

  • Assessoria 

 

Leave a Response

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio

Jornal Milênio

Portal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.