Policial

Testemunha da morte do médico no Bosque Uirapuru é identificada

Vítima teria presenciado ação de suspeito na morte do médico

Foi identificado pelas autoridades periciais a pessoa encontrada morta na noite de sábado (18) na Estrada Bordini, área rural de Maria Helena. Trata-se de Alexan Carlos de Goes, conhecido como ‘Sabrina’.

O corpo foi removido ao Instituto Médico Legal de Umuarama, mas posteriormente foi levado ao IML de Campo Mourão para os exames de necropsia.

Segundo o apurado até o momento pela Polícia Civil, Alexan Carlos é a pessoa que na versão do preso Guilherme da Costa Alves, 26, passou pelo Bosque Uirapuru minutos após ele ter matado o médico pediatra Renan Tortajada, 35. Em depoimento, ele contou que perseguiu a testemunha e a atacou com pedaços de madeira até à morte. Em seguida, colocou o corpo no porta-malas do Honda Civic do médico e o levou para Maria Helena.

Alexan Sabrina.

Alexan é considerado personalidade trans conhecida em Umuarama. Pelas informações obtidas, ele apenas ‘estava no lugar e momento errados’, ou seja, na cena de um crime que parte dele poderia testemunhar. A idade não foi revelada, mas presume-se ter entre 40 e 45 anos.

Sepultamento do médico

O corpo do médico Renan dos Santos Tortajada, morador de Toledo, foi liberado pelo IML de Umuarama no final da tarde de domingo (19) aos familiares para os atos fúnebres. O velório está acontecendo no Memorial Prever, em Maringá e o sepultamento está previsto para as 16h desta segunda-feira (20).

  • Editoria Milênio 
  •  Foto: Arquivo Pessoal

 

Leave a Response

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio

Jornal Milênio

Portal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.