Policial

Polícia Civil de Iporã prende homem em flagrante por maus tratos de animal

Pena para quem maltrata animais varia de 2 a 5 anos de reclusão

Na manhã deste sábado (10), policiais civis lotados na 15° Delegacia Regional de Polícia de Iporã realizaram a prisão em flagrante de um homem, de 67 anos. Ele é acusado de praticar maus tratos contra uma cadela que mantinha em seu lar.
Circulou um vídeo em grupos de WhatsApp onde uma cadela aparecia bem debilitada e em situação de maus tratos.
Nesta manhã, uma pessoa procurou a delegacia de Iporã noticiando o fato e indicando o local, o que possibilitou que policiais civis da unidade fossem de imediato à residência vindo a constatar a veracidade da informação e efetuar a prisão em flagrante do suspeito da conduta. O animal foi levado ao médico veterinário e corre risco de morte.

A cadelinha recebeu atendimento médico veterinário.

O delegado Felipe Martins, titular da unidade, ressaltou que a pessoa que pratica maus tratos contra animais, em especial cão ou gato, está sujeito a uma pena de 2 a 5 anos de reclusão, multa e proibição da guarda. Após lavrado o auto de prisão em flagrante o homem foi encaminhado para carceragem da DRP.

  • Assessoria 

Leave a Response

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio

Jornal Milênio

Portal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.