Policial

Polícia cerca casa com moradores reféns na zona rural de Ivaté

Desde o início da operação polícia já matou 3 e prendeu 6 suspeitos

O comando do 25º Batalhão da Polícia Militar de Umuarama confirmou na manhã desta sexta-feira (22) a localização de um homem suspeito de ter participação na morte do Cabo Garozi, em Cianorte. Ele estava escondido em uma casa, na zona rural de Ivaté.

Segundo secretário de Segurança Pública do Paraná, Hudson Leôncio Teixeira, Maycon de Souza Morette, 35 anos, é membro de facção criminosa, foragido do sistema prisional desde o último mês de abril. É considerado de alta periculosidade. Ele é identificado como o último integrante do grupo de 5 elementos que estava presente na ocorrência em que o Cabo Garozi foi ferido.

A localização, segundo o Major Cláudio Roberto Longo, ocorreu por volta das 3h30, na Vila Rural Xetá, entre Ivaté e o Distrito de Herculândia. O suspeito invadiu uma casa e, ao perceber a aproximação policial, fez reféns dois moradores masculinos. Equipes policiais de 6 batalhões da PM cercaram o local desde a madrugada. Ainda não há informações mais detalhadas sobre o desfecho da operação.

Maycon de Souza Morette.

As unidades especializadas (BOPE) e demais órgãos foram acionados e as equipes estão nos procedimentos de Gerenciamento de Crise. Área foi isolada e moradores próximos foram retirados. Um helicóptero da PM equipado com câmera térmica auxiliou na operação, registrando deslocamentos do suspeito.

O Secretário Estadual de Segurança Pública, Coronel Hudson Leôncio Teixeira, está no local acompanhando a situação de crise.

Cabo Garozi 

O Cabo Reinaldo José Garozi, de 45 anos, morreu na madrugada de 18 de setembro. Na noite anterior, a equipe da Rotam comandada por ele perseguia elementos suspeitos que estavam em uma GM Astra. Às margens da Rodovia PR-323 foi feita a tentativa de abordagem no pátio de uma empresa, e o cabo foi baleado no pescoço, socorrido e faleceu horas depois. Na mesma ação a polícia matou 2 homens suspeitos e prendeu o motorista do veículo. No dia seguinte, outro suspeito foi localizado e morto às margens da Rodovia PR-082 entre Cianorte e Terra Boa.

O último dos suspeitos diretos pelo crime do policial seria esse elemento encontrado em Ivaté. Desde a morte do policial da Rotam uma grande operação vem sendo realizada para capturar suspeitos. Até o momento 6 pessoas – entre apoiadores e suspeitos – já foram presas.

  • Editoria Milênio
  • Imagens: Polícia Militar

Leave a Response

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio

Jornal Milênio

Portal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.