Policial

Polícia Ambiental multa produtor pela criação de animais em área proibida

Área afetada pertence ao município e Umuarama

Uma denúncia anônima – esta semana, levou uma equipe da Polícia Ambiental de Umuarama até uma área na periferia da cidade onde estava sendo explorada ilegalmente com a criação de animais bovinos e equinos. O produtor responsável foi autuado em R$ 20 mil.

A ação policial de fiscalização aconteceu no âmbito da Operação Horus do Ministério da Justiça e Segurança Pública. No local indicado, a equipe de policiais ambientais constatou a utilização da Área de Preservação Permanente (APP) de um corpo hídrico pertencente à Bacia do Rio Xambrê para pastoreio de bovinos e equinos. O manejo desses animais estava causando danos ao processo de regeneração da vegetação nativa.

Área ocupada é próxima ao centro urbano.

Na esfera criminal foi lavrado Termo Circunstanciado de Infração Penal (conforme Lei de Crimes Ambientais), e devido a utilização de área pública para fins particulares. Após análise documental e diligência, foi constatado que a a área afetada é pertencente ao Município de Umuarama.

A área afetada foi embargada, o que implica na imediata remoção dos animais daquele espaço. E dois Autos de Infração Ambiental foram lavrados, totalizando R$ 20 mil. O nome do responsável não foi divulgado pela polícia.

  • Editoria Milênio
  • Fotos: Divulgação

 

Leave a Response

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio

Jornal Milênio

Portal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.