Policial

PF prende mais contrabandistas de cigarros em Guaíra

Ação da Justiça tenta barrar atividade ilegal na fronteira

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (09), a Operação Rio Paraná. O objetivo é coibir o crime de contrabando de cigarros na região de fronteira do Brasil com o Paraguai.

Foram cumpridas em Guaíra 4 ordens judiciais de Prisão Preventiva e 8 Mandados de Busca e Apreensão, expedidas pela Justiça Federal da 1ª Vara Federal desta comarca. Foram apreendidos veículos e outros bens encontrados com os suspeitos.

A investigação teve início quando uma equipe do NEPOM/PF, em patrulhamento próximo ao Distrito de Oliveira Castro, avistou movimentação suspeita de veículos e após acompanhamento constataram que indivíduos estavam utilizando uma casa como entreposto para o contrabando de cigarros. Na ocasião uma pessoa foi presa em flagrante. Com o prosseguimento da investigação policial, mais indivíduos pertencentes ao grupo criminoso foram identificados.

O nome da operação é uma alusão ao fato dos investigados utilizarem o Rio Paraná como rota para a entrada de contrabando no Brasil.

De acordo com o delegado Alexandre Ribeiro, coordenador da operação, a investigação policial prosseguirá para identificação de outros envolvidos. A pena prevista para o contrabando pode chegar a 5 anos de reclusão.

  • Assessoria 

Leave a Response

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio

Jornal Milênio

Portal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.