Paraná

Paraná bate novo recorde trimestral na produção de frangos

Jaguá Frangos. Jaguapitã 04/2021. Foto: Ari Dias/AEN

O Paraná renovou o seu próprio recorde e chegou a quase 547 milhões de unidades de frango produzidas no 1º trimestre de 2023. Um aumento de 48,17 milhões em relação ao mesmo período do ano passado.

Com isso, o Estado continua a liderar com ampla margem a produção deste tipo de proteína no País, com 34% da participação nacional, bem à frente dos estados de Santa Catarina (13,1%) e Rio Grande do Sul (12,7%), que completam o pódio. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Além de liderar a produção total de frango, o Estado também registrou a maior alta (+48,17 milhões), quase quatro vezes melhor do que a do segundo colocado na lista, o estado de Goiás (+12,52 milhões), que é seguido por São Paulo (+7,19 milhões), Santa Catarina (+5,52 milhões de cabeças), Minas Gerais (+5,35 milhões) e Mato Grosso (+1,72 milhão).

Paraná lidera na produção de frangos.

As 547 milhões de unidades de frango produzidas no 1º trimestre bateram o recorde de 523 milhões alcançados no último trimestre de 2022. A primeira vez que o Estado ultrapassou a marca de 500 milhões foi no 4º trimestre de 2020.

O bom desempenho no segmento, puxado sobretudo pelo Paraná, fez com que o Brasil tivesse o melhor desempenho trimestral da sua história na produção de frango desde o início da série histórica analisada pelo IBGE, a partir de 1997.

  • Assessoria 

Leave a Response

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio

Jornal Milênio

Portal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.