Umuarama

Município decide romper contrato com empresa gestora do aeroporto regional

Empresa é acusada de descumprir cláusulas contratuais

A Prefeitura de Umuarama abriu processo administrativo visando rescindir o contrato entre o município e a empresa Infracea, responsável pela gestão do Aeroporto Regional Orlando de Carvalho. Além do alto custo para os cofres públicos – cerca de R$ 130 mil por mês –, fiscalizações realizadas pela administração municipal têm apontado uma série de problemas que caracterizam o descumprimento de cláusulas contratuais.

“Temos observado o estado de abandono em que se encontra o aeroporto”, afirmou o secretário municipal de Indústria, Comércio e Inovação, Junior Ceranto. Ele informa que a empresa reduziu o quadro de funcionários e que vem recebendo denúncias de atraso no pagamento de salários aos trabalhadores.

De acordo com o secretário, a moderna estação meteorológica do aeroporto chegou a ser desativada por falta de manutenção e veículos da empresa estariam parados por falta de combustível. “Nos últimos 15 dias a prefeitura foi obrigada a contratar servidores para as funções de funcionários da empresa que foram desligados. Se o prefeito Celso Pozzobom não determinasse essas providências, o aeroporto hoje estaria fechado, apesar do alto custo mensal pago à empresa”, completou.

Com o fim do contrato, a gestão do aeroporto volta ao comando do município. O diretor aeroportuário Geraldo de Assis Portela Júnior acrescentou que o voo de sexta-feira (6), de Umuarama para Curitiba, foi suspenso por falta de funcionários de apoio para o embarque de passageiros.

“Estamos em conversações com a Azul Conecta, responsável pela linha aérea, para que as operações sejam mantidas. Também estamos em contato direto com a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) e vamos tomar todas as medidas para a continuidade dos voos regulares com destino à capital”, completou o secretário Junior Ceranto.

  • Assessoria de Comunicação PMU

 

Leave a Response

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio

Jornal Milênio

Portal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.