Umuarama

Morcego infectado com vírus da raiva é identificado em Umuarama

A confirmação de um morcego silvestre infectado pelo vírus da raiva em Umuarama chama a atenção para alguns cuidados aos quais a população precisa estar atenta, para evitar incidentes e contaminação. Uma pessoa foi vítima da transmissão da doença ao tentar alimentar o animal.
Há cerca de 10 dias a Diretoria de Vigilância em Saúde foi informada sobre uma pessoa que foi acidentalmente mordida por um morcego, supostamente tentando alimentá-lo. Pouco tempo depois o animal foi encontrado morto.
A VSA foi comunicada, recolheu o animal e o enviou para análise no Laboratório Central do Estado (Lacen), onde exames revelaram que ele estava infectado pela raiva.
A pessoa foi medicada, recebeu a sorologia para a doença e está sendo acompanhada pela Secretaria Municipal de Saúde. Seu quadro é estável e ela também aguarda resultados de exames.
Transmissão
A raiva é transmitida às pessoas pela saliva de animais infectados, geralmente por meio de mordidas. Gatos e cães são os principais transmissores, porém o contágio também pode acontecer em contato com morcegos, macacos e outros animais silvestres. Os sintomas incluem febre, dor de cabeça, salivação excessiva, espasmos musculares, paralisia e confusão mental.
“Os casos de raiva humana são muito raros, porém não devemos relaxar nos cuidados. Recomendamos que a população mantenha em dia a vacinação antirrábica dos seus animais de estimação, não alimente e evite o contato com animais silvestres e se encontrar morcegos ou macacos mortos, que avise a Vigilância Ambiental pelo telefone (44) 3639-1930”, orienta a diretora da Vigilância em Saúde, Sandra Pinheiro.
Em caso de mordidas de animais, a vítima deve procurar a unidade de saúde mais próxima o mais rápido possível e comunicar o incidente. “Procure atendimento médico imediatamente após uma mordida ou suspeita de mordida”, reforça a diretora. Embora não haja tratamento específico para a raiva humana, os cuidados adequados melhoram as chances de recuperação do paciente.
Doença infecciosa
A raiva é uma doença infecciosa viral aguda, que acomete mamíferos, inclusive o homem, e caracteriza-se como uma encefalite progressiva e aguda com letalidade próxima de 100%. É causada pelo vírus Lyssavirus e transmitida ao homem pela saliva de animais infectados, por meio da mordedura e também pela arranhadura ou lambedura desses animais. O vírus infecta o sistema nervoso central causando doenças no cérebro e morte.
Quase todos os animais que contraem raiva não foram vacinados ou não estavam com a vacinação em dia, o que evidencia a relevância das campanhas de vacinação. Nos últimos 30 anos o país registrou significativa redução na ocorrência de raiva em animais e, por consequência, nas taxas de mortalidade por raiva humana. Porém os incidentes ainda são comuns em praticamente todo o país.

Leave a Response

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio

Jornal Milênio

Portal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.