Saúde

Ministra da Saúde anunciou a inclusão do Paraná no programa Mais Médicos

Paraná está integrado a programas do Governo Federal

A ministra Nísia Trindade confirmou nesta segunda-feira (17), que o Paraná integra os programas do Ministério de Saúde como o Mais Médicos, entre outros, que preveem a ampliação do atendimento à atenção primária, na média e alta complexidade, e o financiamento do SUS. Ela ainda reconheceu que a cidade de Foz do Iguaçu tenha uma atenção especial no enfrentamento da Dengue e Chikungunya.

“Um dia importante para o Paraná que recebeu a visita da ministra Nísia Trindade. A ministra traz boas notícias, parcerias com as parcerias com o Estado e a prefeitura de Curitiba. Ela está sendo homenageada e lançando novos programas e novas ações na saúde. Inclusive o Paraná está sendo contemplado com o Mais Médicos. Mais de uma centena de municípios paranaenses vão receber os médicos pagos pelo Governo Federal”, disse o deputado federal Zeca Dirceu, líder do PT na Câmara, que acompanhou Nísia Trindade no Estado.

A ministra se encontrou com o governador Ratinho Junior, o prefeito Rafael Greca e o secretário estadual de Saúde, Beto Preto. “Foram reuniões importantes para conhecer aspectos específicos do Paraná na atenção primária, na alta e média complexidade e no financiamento do SUS. Tenho a convicção de que estamos por um caminho de união junto com o Estado para fortalecer a área da saúde”, ressaltou.

“Também discutimos o papel do Estado, através de suas instituições de ciência e tecnologia, para avançar em tecnologias que possam impactar o acesso da população a vacinas e medicamentos, o que já é uma tradição no Paraná através do Tecpar, que tem uma parceria importante com a Fiocruz”, completou.

Demandas

Zeca Dirceu encaminhou demandas à ministra de Foz do Iguaçu, a respeito do apoio ao combate à dengue, e das cidades interessadas na inclusão do programa Mais Médicos. “A vacinação voltou, o Mais Médicos foi retomado, o Ministério da Saúde já está trabalhando na redução das filas no SUS, está trabalhando no fortalecimento do SUS, na saúde da mulher e na valorização dos profissionais da saúde”, disse.

“Todas as demandas dos municípios paranaenses bem formuladas, com documentos e projetos estão sendo encaminhadas ao Ministério de Saúde. Tivemos um apagão no setor onde o negacionismo, a corrupção e incompetência tomaram conta do setor. A saúde voltou”, destacou Zeca Dirceu ao citar como exemplo o decreto de situação de emergência em Foz do Iguaçu, a condição para receber de forma rápida os repasses e apoio do Estado e governo federal.

O secretário estadual da Saúde, Beto Preto, destacou ainda que o Paraná pleiteia a necessidade de correção dos valores pagos pelo SUS aos estados e municípios e também mais investimentos na Atenção Primária, além da retomada das cirurgias eletivas no Estado.

“Lançamos o Opera Paraná, para reduzir a fila de procedimentos eletivos, num investimento de mais de R$ 150 milhões do Tesouro do Estado. Buscamos esse apoio para dar continuidade e atender um número maior de pacientes”, explicou. “Por isso é importante manter esse diálogo e alinhamento constantes, para que tenhamos cada vez mais recursos para atender bem a população paranaense”.

Medalha
Ainda à tarde, a prefeitura de Curitiba concedeu à Nísia Trindade, a Medalha da Ordem Municipal da Luz dos Pinhais de Curitiba. O decreto indicando a ministra à honraria, maior homenagem concedida pelo município, foi publicado no último dia 12 de abril no Diário Oficial.

Nísia Trindade esteve à frente da Fiocruz desde 2017 até 2022, período no qual ajudou a instituição a ter importante papel na produção de vacinas e outros insumos durante a pandemia de Covid-19 a partir de 2020. Ela é doutora em Sociologia (1997), mestre em Ciência Política (1989), pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (Iuperj – atual Iesp), e graduada em Ciências Sociais pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj, 1980), segundo biografia publicada pela Fiocruz.

  • Assessoria 

Leave a Response

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio

Jornal Milênio

Portal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.