Saúde

Governo vai destinar R$ 17 milhões para ampliar Hospital Uopeccan, em Cascavel

Ampliação será de 16 mil m2, com mais 10 UTIs e 15 consultórios

Com apoio do Governo do Estado, o Hospital da União Oeste Paranaense de Estudos e Combate ao Câncer (Uopeccan) de Cascavel, será ampliado. O governador Ratinho Junior assinou nesta sexta-feira (21) um convênio da Secretaria de Estado da Saúde no valor de R$ 17,4 milhões para a obra, que vai viabilizar a instalação da Unidade de Transplantes, além de um centro cirúrgico voltado para pacientes com a doença.

Dos recursos destinados às obras no hospital, R$ 16,5 milhões são do Estado e R$ 871,7 mil é contrapartida da Uopeccan. A área ampliada soma 4,6 mil metros quadrados e inclui a construção de 15 novos consultórios oncológicos, além de dobrar o número de UTIs, passando de 10 para 20 leitos. Esta é a primeira vez em 30 anos que o hospital passará por uma ampliação ampla e completa.

“A Uopeccan é uma referência nacional no tratamento de câncer”, afirmou o governador. O Estado apoia esse trabalho e, com este convênio, vamos valorizar e fortalecer esse atendimento que alcança não apenas a população do Oeste, como de outras regiões e, também, de outros estados”, disse.

Anúncio de investimentos foi feito em Cascavel.

Ampliar atendimento

Com a obra, o hospital vai melhorar o acesso da população ao diagnóstico e ao tratamento clínico e cirúrgico de todos os tipos de câncer, além de outras especialidades habilitadas. Haverá maior oferta de consultas ambulatoriais e de leitos de UTI, além de possibilitar a reorganização e instalação de mais de leitos clínicos.

Já a Unidade de Transplantes fará procedimentos de fígado, medula, rim e pâncreas. O presidente do Conselho Superior da Uopeccan, Ciro Kreuz, explicou que a previsão é que a entidade passe de 1,2 mil atendimentos por mês — o que inclui também o hospital de Umuarama — para 3 mil por mês.

“Agradeço ao Governo do Estado por repassar os recursos para dar início a essa obra, que é a realização de um sonho”, destacou Kreuz. “A expectativa é que a obra comece em um mês e seja concluída em até 12 meses. Vamos melhorar o atendimento oncológico não só da região Oeste, como também do Sudoeste e do Noroeste do Paraná”.

Também haverá uma melhoria na recepção e acomodação dos familiares e pacientes que buscam assistência ambulatorial no hospital, para atender com mais eficácia e garantir um maior conforto para quem passa por procedimentos oncológicos.

O secretário estadual da Saúde, Beto Preto, explicou que a pasta firmou quase 70 convênios com hospitais filantrópicos, como o da Uopeccan, para descentralizar o atendimento de saúde no Paraná.

“O Governo do Estado tem importantes parcerias com os hospitais filantrópicos para garantir o atendimento em todo o Paraná”, afirmou o secretário. “Com a Uopeccan, o recurso vai permitir a construção de um novo bloco cirúrgico que tem a missão também de atender a área de transplantes”.

“A Uopeccan, que tem salvado a vida de tantas pessoas, crianças, adolescentes, adultos e idosos, recebe mais esse aporte do Governo do Estado”, disse o prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos. “É um grande investimento, de mais de R$ 17 milhões, para melhorar ainda mais esse grande trabalho feito aqui em Cascavel”.

Nova estrutura

O Hospital Uopeccan de Cascavel passará dos atuais 12 mil para mais de 16 mil metros quadrados de área, equiparando à Unidade Regional de Umuarama, inaugurada há 6 anos. Os recursos serão aplicados na construção e ampliação de uma unidade anexa com cinco pavimentos.

O primeiro compreende a sala de espera e os ambulatórios. Nesse espaço, serão criados 15 consultórios oncológicos, interligados com a área ambulatorial já existente, e será ampliada a área de sala de espera para atender a crescente demanda de usuários.

O segundo pavimento abrigará a área de UTI adulto, que passará de 10 para 20 leitos. Terá ainda um espaço para remanejamento da atual Capela de Fluxo Laminar (CAF) da farmácia, que será também uma reserva para que, a longo prazo, possa ser ampliada a UTI pediátrica.

Os pavimentos 3 e 4 compõem a área ocupada posteriormente por leitos de internação. Por fim, o pavimento 5 ficará disponível para uma futura ocupação e será utilizado conforme a demanda da unidade.

Leave a Response

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio

Jornal Milênio

Portal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.