Umuarama

Em Umuarama, aviários se expandem com incentivos fiscais

Projeto absorve investimento de R$ 20 milhões

O Programa de Incentivo à Implantação de Aviários da Secretaria Municipal de Agricultura está participando de um grande investimento em Umuarama, que vai gerar muitos empregos e divisas para o município. O canteiro de obras está localizado na Estrada Divisora – próximo ao povoado de Alto Alegre.
Com 12 galpões de mais de 3 mil m² cada um, o aviário vai alojar cerca de 480 mil frangos, a cada ciclo de 60 dias – geralmente 45 dias de engorda e 15 dias de limpeza e desinfecção. É uma das maiores obras de toda a região neste setor, com um investimento na casa dos R$ 20 milhões.
Este é o segundo projeto a receber incentivos do município na fase de instalação, além de outra área onde já foi construída uma estrutura para galinhas poedeiras, denominada matrizeiro. A Prefeitura participa com 50% dos custos da terraplenagem o que neste caso representa uma parte considerável do investimento, afinal apenas neste projeto são mais de 40 mil m² de área com aterros, taludes, tanques e adequações para as construções.
São 12 galpões de 3 mil m2 cada um.
Com um grande abatedouro de aves instalado em Umuarama – que está em fase de expansão – o município precisa aumentar a produção de frangos e a Prefeitura tem feito o possível para estimular os produtores. Os incentivos têm atraído investidores de outras regiões, de olho na lucratividade deste ramo.
Este aviário está sendo construído por investidores com tradição na produção de frangos no Sudoeste do Estado. A região de Umuarama ainda tem grande potencial de crescimento com os investimentos e o projeto de expansão da Levo Alimentos, que abate hoje 150 mil aves/dia e planeja chegar a 200 mil aves/dia nos próximos meses.
O secretário João Megda lembra que além dos inventivos do município, os produtores interessados na implantação de aviários contam com o apoio da empresa na obtenção de financiamentos junto à rede bancária. “Normalmente o banco financia até 30% do valor da propriedade, mas graças à parceria com a Levo os produtores interessados podem obter financiamentos equivalentes a até 100% do valor do sítio ou fazenda”, explicou.
Projeto tem capacidade para 480 mil frangos a cada 60 dias.
João Megda disse ainda que existem outros projetos em fase de estudos, aguardando a aprovação de financiamento para o início das obras – um deles com 4 e o outro com 8 aviários –, que devem receber o apoio do município nos serviços de terraplenagem, assim que as obras forem liberadas. “O município é um parceiro importante no desenvolvimento da avicultura em Umuarama”, completou.

Leave a Response

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio

Jornal Milênio

Portal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.