Umuarama

Duplicação da PR-323 em Umuarama será concluída no final de maio

Tráfego normal no trecho será liberado nos próximos dias

Duplicação PR- 323 em Umuarama - Trevo do Gauchão alcança 90% de conclusão e pistas devem ser liberadas em maio

A obra de duplicação da Rodovia PR-323, em Umuarama, está próxima de ser entregue à população. A expectativa é que o tráfego seja totalmente liberado no final de maio.

O Trevo Gauchão – como é conhecido – é uma das principais obras da gestão atual da Secretaria de Infraestrutura e Logística do Paraná (SEIL), com a sua execução do Departamento de Estradas de Rodagem (DER/PR). Foram iniciadas em abril de 2021 e o prazo para conclusão era de 1 ano.

Os serviços estão 90% concluídos nos 4,4 quilômetros de extensão do projeto, restando principalmente os complementos finais, como sinalização, instalação de dispositivos de segurança e paisagismo, além da pavimentação de um pequeno trecho restante.

O investimento aplicado pelo Estado é de R$ 66,1 milhões por meio do Programa Estratégico de Infraestrutura e Logística de Transportes do Paraná, em uma parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Co um ano de atraso, obras estão em fase final.

“A duplicação do Gauchão é de extrema importância porque a rodovia estava totalmente sobrecarregada no trecho. A PR-323 é um dos maiores eixos rodoviários do Paraná e a região de Umuarama conta ainda com um importante complexo industrial”, destaca o secretário de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex.

De acordo com ele, serão resolvidos os problemas de congestionamentos, com acessos e retornos realizados com mais segurança. “Isso também resulta em maior agilidade no deslocamento de cargas de longa distância, do escoamento agrícola até o Porto de Paranaguá”, acrescenta.

O trecho duplicado da PR-323 terá três novos viadutos (dois no Trevo Gauchão e um no trevo para Mariluz), todos concluídos, além de duas pistas em um total de quatro faixas, e marginais com acessos para a rodovia e bairros.

Atualmente, o tráfego está fluindo pelas vias marginais, com os acessos a Umuarama já pelos viadutos, enquanto a passagem da pista principal segue bloqueada recebendo os últimos ajustes antes de ser liberada. A obra no Trevo Gauchão também facilitará o acesso ao centro, ao Aeroporto Regional Orlando de Carvalho e aos parques industriais daquela região.

São duas novas pistas com 7,20 metros de largura (duas faixas de tráfego de 3,60 metros cada), além de acostamentos externos de 2,50 metros e acostamentos internos de 0,6 m. As vias marginais irão melhorar o fluxo nos dois sentidos: para quem vai ingressar aos bairros quanto para quem seguir na PR-323.

Leave a Response

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio

Jornal Milênio

Portal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.