Policial

Decretada prisão de suspeito de envolvimento na morte de mulher no Jabuticabeiras

Mulher foi atacada enquanto recolhia latinhas nas ruas do bairro

Foi decretada pelo Juízo da 1ª Vara Criminal a prisão temporária de um homem suspeito de ter perseguido e provocado a morte de uma mulher no Parque das Jabuticabeiras, em Umuarama. O crime que vitimou Cleonice da Silva Bernardes aconteceu no final da madrugada de 27 de maio de 2022.

Nesta terça-feira (23), de posse do mandato de prisão, agentes da 7ª Subdivisão Policial de Umuarama diligenciaram até a casa do suspeito identificado pela iniciais F.C.N, mas ele não foi localizado. Ele tem 24 anos. O delegado-chefe da SDP, Gabriel Menezes, informou que aguarda pela apresentação espontânea do suspeito nos próximos dias, e se isso não acontecer a foto dele será divulgada para reconhecimento público e possível indicação de seu paradeiro.

Investigações

A Polícia Civil iniciou as investigações imediatamente após a ocorrência do crime, que causou indignação na comunidade. Recebeu informações e identificou o suspeito. Diversas diligências foram realizadas na tentativa de localizá-lo, mas ele não foi encontrado e se encontra foragido. Apurou-se que ele teria deixado a cidade logo após o cometimento do crime.

Mandados de buscas

Os agentes civis de Umuarama também cumpriram mandados de busca e apreensão domiciliar na manhã desta terça-feira. Três mandados de busca e apreensão foram expedidos no âmbito da investigação que apura a morte de Cleonice da Silva Bernardes.

Os mandados de busca foram cumpridos em endereços de familiares e pessoas próximas ao suspeito. Os endereços diligenciados ficam nos bairros Parque Jabuticabeiras e Primeiro de Maio. Foram apreendidos alguns objetos pessoais do suspeito que auxiliarão no prosseguimento das investigações.

O crime 

O crime praticado contra Cleonice da Silva Bernardes, 52 anos, ocorreu no dia 27 de maio deste ano por volta das 4h, próximo a uma ciclovia do Bairro Parque Jabuticabeiras. A vítima foi abordada e agredida em via pública pelo indivíduo que teria tentado estuprá-la. Ela foi encontrada por populares por volta de 5h45.

No momento da ação criminosa, em razão da reação da vítima e da presença de outras pessoas no local, o suspeito empreendeu fuga, deixando a vítima caída. Após os fatos, ela chegou a ser socorrida, mas veio a óbito em seguida.

Cleonice era beneficiária da Previdência Social por invalidez, sofria de hipertensão arterial e diabetes. E todos os dias tinha o hábito de sair de casa antes de amanhecer o dia e percorrer as ruas do bairro recolhendo materiais recicláveis para complementação de renda. Imagens de câmeras de segurança registraram o suspeito a perseguindo na rua. Familiares fazem apelos para esclarecimento do crime e punição do responsável.

  • Editoria Milênio
  • Foto: Reprodução

Leave a Response

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio

Jornal Milênio

Portal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.