Policial

Casal acusado de agredir bebê é indiciado por tentativa de homicídio

Acusados teriam usados meio cruel para agredir a criança

Os pais do bebê que está internado em estado grave com lesões pelo corpo foram indicados por tentativa de homicídio triplamente qualificado. A informação foi confirmada nesta quarta-feira (15) pela delegada Karoline Bischoff, titular da 17ª Delegacia de Polícia Civil de Cruzeiro do Oeste (Região Metropolitana de Umuarama).

Segundo a delegada, o inquérito policial que apurou responsabilidades sobre a violência praticada contra o recém-nascido foi concluído esta semana. O documento será encaminhado ao representante do Ministério Público Estadual da Comarca, que analisará provas no sentido de oferecer ou não denúncia contra o casal. Os nomes nem as idades dos indiciados não foram divulgados pela autoridade policial. Eles continuam presos preventivamente na carceragem da DP, desde a data em que foram conduzidos e prestaram depoimentos.

Agentes da Polícia Civil cumpriram no dia 7 de fevereiro mandado judicial de busca e apreensão na residência do casal envolvido. E um perito do Instituto de Criminalística (IC) de Umuarama também examinou o local a fim de identificar vestígios e e coletar provas materiais. Conforme a delegada, após a investigação os pais foram indiciados por tentativa de homicídio triplamente qualificado por motivo fútil, por meio cruel que resultou em um quadro de asfixia indireta, perpetrados pelos próprios ascendentes em [face de menor de 14 anos] – nesse caso, um recém nascido de 17 dias. Pena para condenados nesses casos ultrapassa 14 anos de prisão.

O recém-nascido foi internado em estado grave no dia 6 de fevereiro no Hospital Cemil, em Umuarama. A criança apresentava uma série de lesões perpetradas pelos próprios genitores, segundo apurado pela Polícia Civil. Nos últimos dias, por conta da gravidade da situação, o bebê teve de ser transferido para leito de UTI infantil, onde recebe cuidados especiais da equipe médica.

  • Editoria Milênio

Leave a Response

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio

Jornal Milênio

Portal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.