Umuarama

Avião de Umuarama é localizado na Serra do Mar. Não há sobreviventes

Servidores do Estado viajaram a Paranaguá em avião particular

Equipes de resgate e salvamento localizaram na tarde desta sexta-feira (07) na Serra do Mar (Litoral do Paraná) os destroços do avião monomotor que decolou de Umuarama com destino a Paranaguá. A informações transmitidas pelos socorristas indicam que não há sobreviventes.

A Força Aérea Brasileira (FAB) confirmou que o avião foi localizado em uma região da Serra do Mar conhecida como Pico das Canavieiras. Equipes acessaram local por terra e confirmaram tratar-se do avião que estava desaparecido há 5 dias. Partes da fuselagem e os corpos foram encontrados próximos.

Rota

A aeronave de pequeno porte decolou do Aeroporto Regional de Umuarama às 7h50 de segunda-feira (3) e deveria pousar na cidade portuária de Paranaguá às 14h24. Às 10h14 desapareceu do radar na região da Limeira, atrás do Morro da Prata, em Guaratuba. Com mais 10 minutos de voo estaria na cabeceira do aeroporto local para aterrissagem. Era pilotada por Jonas Borges Julião, de 37 anos, e tinha como passageiros Felipe Furquim de Oliveira, 35 e Heitor Guilherme Genowei Junior, 42.

Felipe Furquim atuou na função de diretor do Escritório Regional do Instituto Água e Terra (IAT) em Umuarama entre 2019 e 2022, e diretor-geral da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável (Sedest), mas atualmente era assessor da Casa Civil. Heitor Genowei era empresário do setor de combustíveis, tinha intenções políticas e este ano passou a ocupar um cargo de confiança no Governo do Estado.

Avião

O avião acidentado é um modelo Piper Arrow PA-28R-200, fabricado em 1974, com capacidade para 3 passageiros e 1.202 quilos na decolagem. Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), o aparelho está com o Certificado de Aeronavegabilidade em situação normal, mas possui operação negada para atividade de táxi aéreo, ou seja, não pode operar nesse serviço.

A distância em linha reta entre Umuarama e Paranaguá é de 525 quilômetros. Metade do trecho é serra coberta por mata atlântica. Na estação inverno, pela manhã, as condições climáticas são consideradas desfavoráveis para operação de pequena aeronaves, como o Piper Arrow. O aparelho voa a uma velocidade de até 230 km/h.

Em nota divulgada à imprensa, o Governo do Paraná informou que os dois servidores estavam cumprindo agenda de trabalho. Eles avaliariam a atracagem de futuros navios de turismo no Litoral.

Traslados

Após resgatados da mata atlântica, os corpos das vítimas deverão seguir para exames de necropsia no Instituto Médico Legal (IML) de Paranaguá ou Curitiba. Após liberação serão levados para Umuarama em aeronave do Governo do Estado. Os familiares estão organizando os atos fúnebres.

Piloto Jonas Borges Julião, 37.
Heitor Genowei, 42.
Felipe Furquim de Oliveira, 35.
  • Editoria Milênio
  • Foto: Divulgação/Alisson Lopes. 

 

Leave a Response

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio

Jornal Milênio

Portal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.