Umuarama

Abrigo clandestino para idosos é interditado em Umuarama

Abrigo mudou de local para fugir da fiscalização

Na terça-feira (06), a fiscalização da Diretoria de Vigilância em Saúde de Umuarama recebeu denúncia de mais uma instituição de longa permanência de idosos atuando de forma precária. Após a vistoria, que teve o acompanhamento de representantes do Ministério Público do Estado do Paraná e do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (CMDPI), foi constatado que a casa abrigava de forma clandestina 6 idosos acamados. O imóvel funcionava no Parque Tarumã.

A diretora de Vigilância em Saúde, Sandra Pinheiro, lembrou que esta foi a segunda ação do gênero que resultou em interdição. O outro caso aconteceu em uma pousada na região central de Umuarama, que abrigava 74 idosos em condições impróprias. “Essa instituição tem prazo até sexta-feira (8) para transferir todos os internos e iniciar as readequações. Já a casa no Tarumã é clandestina, ou seja, não poderia funcionar”, explicou.

Abrigo com avaliação de condições precárias.

Mudança de local

De acordo com a equipe, a proprietária do abrigo irregular já manteve outra casa atendendo clandestinamente no Alto São Francisco, que foi interditada há cerca de 30 dias. “Na época, após a autuação, ela informou que havia retirado os idosos de lá, mas na verdade apurou-se que ela montou outra casa clandestina no Tarumã e abrigou novamente esses idosos, que são de famílias de Assis Chateaubriand”, acrescentou Sandra Pinheiro.

Constatadas as irregularidades, foi feito termo de interdição e por orientação do Ministério Público foi estabelecido prazo de 24h para a transferência dos idosos. A proprietária já é alvo de investigação do MP, além de ser acompanhada pelo município.

“Fizemos o procedimento conforme orientação do MP com prazo para a relocação dos idosos. A presidente do CMDPI, Sebastiana Ruiz Garcia, acompanhou o procedimento e constatou as condições. Havia apenas uma pessoa para cuidar de todos os idosos acamados, sem falar na situação precária das instalações”, completou a diretora de Vigilância em Saúde de Umuarama.

  • Assessoria 

Leave a Response

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio

Jornal Milênio

Portal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.