Policial

Justiça Federal manda prender cigarreiro que provocou acidente com morte

Crime de trânsito leva contrabandista para cadeia

Na noite de quarta-feira (06), agentes da Polícia Federal de Guaíra em trabalho conjunto com a policiais militares  do 25º BPM cumpriram ordem judicial de prisão expedido pela Justiça Federal de Umuarama contra autor de homicídio. Ele foi acusado de provocar um acidente de trânsito na Rodovia PR-182, que resultou em uma morte e dois feridos.
O crime ocorreu no dia 15 de janeiro de 2022. Segundo a Polícia Federal, o autor do homicídio conduzia um veículo Kia Sorento em alta velocidade, carregado com cigarros contrabandeados do Paraguai, e provocou um grave acidente na PR-182 – Distrito de Elisa (Xambrê). O acidente deixou três vítimas: um homem de 44 anos (com múltiplos ferimentos), uma mulher de 43 (com duas pernas fraturadas, sendo fraturas expostas) e uma mulher de 30 anos que entrou em óbito no local, deixando uma filha de apenas 6 anos.

Veículo VW Parati das vítimas.

Na ocasião, o autor fugiu do local com o auxílio de um comparsa que vinha logo atrás. A investigação iniciou logo após os fatos, com objetivo de apurar a ocorrência do crime de contrabando e possível crime de homicídio com ele conexo. No curso das investigações, ainda no mês de janeiro a PF realizou buscas em residências e identificou o principal suspeito, condutor do veículo que causou o grave acidente.

 

Genética forense

Por meio das investigações e perícia criminal de genética forense (DNA) foi possível confirmar a autoria dos crimes. Constatou-se que o autor já havia sido preso no mesmo contexto de contrabando seguindo padrão de conduta com atitudes imprudentes e violentas, revelando um perfil de desconsideração pela vida alheia.
Diante da ordem judicial, após vigilância pelos policiais, o autor dos crimes foi localizado e dado cumprimento no mandado de prisão.

Caminhoneta SUV que provocou o acidente.

O investigado foi conduzido para Delegacia de Polícia Federal de Guaíra, sendo ouvido e colocado à disposição do Poder Judiciário. As investigações continuam para identificar os demais envolvidos no crime.

  • Assessoria de Comunicação
  • Fotos: PF.

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.