Policial

Em Guaíra, viaturas policiais fazem fila para entregar presos no Nepon

A maior operação já realizada pela Delegacia da PF de Guaíra

Na manhã desta quinta-feira (9), houve até congestionamento de viaturas policiais descaracterizadas, para entrega de presos da Operação Capital na Unidade do Nepon/Guaíra. A ação foi desenvolvida por 100 equipes.
Segundo a Polícia Federal, aproximadamente 400 Policiais Federais cumprem 162 mandados, sendo 96 de busca e apreensão e 66 de prisão preventiva nas cidades de Guaíra, Terra Roxa, Iporã, Francisco Alves, Umuarama, Cafezal do Sul, Altônia no Paraná e no Balneário Camboriú em Santa Catarina. Os mandados judiciais foram expedidos pela 1ª Vara Federal de Guaíra/PR.
A Justiça determinou ainda o sequestro de 31 bens imóveis e o bloqueio de contas em nome dos chefes da organização. Policiais militares suspeitos de envolvimento com a quadrilha também foram pesos. Foram apreendidos carros, motos, armas, dinheiro, rádios transmissores e outros materiais. Acredita-se que pelo menos 100 elementos participam dessa organização criminosa, grande parte, ‘olheiros’.
Polícia Federal flagrou policiais militares em atitude suspeita.
Em 7 meses de investigação a PF produziu farto acervo probatório, tendo restado demonstrado que a organização criminosa chegou a movimentar até 750.000 maços de cigarros em apenas uma noite, o que em valor de mercado corresponde a aproximadamente R$ 3.750.000,00.
Assessoria de Comunicação
Fotos: PF

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.