Umuarama

Setor da construção civil mantém ritmo acelerado em Umuarama

Aprovação de aproximadamente 50 mil m2 em maio

Em Umuarama, a aprovação de projetos para construção civil atingiu, em maio deste ano, o maior volume mensal desde setembro de 2014. O segmento continua em alta gerando mão de obra e movimentação nas empresas que comercializam materiais para o o setor.

O número – quase 50 mil m² – surpreendeu até mesmo o prefeito Hermes Pimentel. “Eu sinto a confiança que os investidores e a população em geral têm em nossa cidade. É muito animador ver essa certeza de retorno se traduzindo em investimentos, serviços e obras, garantindo empregos e o desenvolvimento da nossa economia”, afirmou.

De acordo com a Diretoria de Planejamento Urbano, a Prefeitura aprovou 49.274 m² de obras no mês passado, incluindo ampliações, construções de moradias, estabelecimentos comerciais e um grande empreendimento imobiliário.

“Como se trata de projetos, os reflexos na geração de empregos e aquisição de insumos e materiais de construção serão sentidos nas próximas semanas. Mas é a garantia de que o desenvolvimento vai avançar e a cidade vai manter – ou até aumentar – o ritmo de crescimento, explicou o secretário interino de Obras, Planejamento Urbano e Projetos Técnicos, Gleison Alves de Andrade.

O diretor de Planejamento Urbano, Antônio Carlos Lavagnini, explica que apenas um dos empreendimentos aprovados conta com cerca de 20 mil m². “Mesmo se não houvesse essa aprovação no momento, o desempenho já teria sido bem acima da média que temos nos últimos anos”, comparou. No acumulado do ano, já foram aprovados 127.740 m², o que representa uma média mensal de 25.548 m² – a maior desde 2015.

Setor da construção civil alavanca desenvolvimento da cidade.

Comparando apenas os meses de maio, foi o maior volume de projetos aprovados nos últimos 10 anos. “Esse desempenho surpreendente mostra que Umuarama está no caminho certo. Investimentos no setor imobiliário mostram que os investidores confiam no retorno, no crescimento da cidade. E a população em geral constrói mais casas ou amplia seus imóveis conforme as condições de vida vão melhorando”, acrescentou Pimentel.

Investimento

O prefeito citou como exemplo o empreendimento de uma construtora de Maringá, o segundo na cidade. Depois do sucesso na comercialização de um condomínio de apartamentos na saída para Serra dos Dourados, a empresa obteve a aprovação do município para um residencial multifamiliar com 288 apartamentos de padrão médio, em três torres de 12 pavimentos cada, na Avenida Olinda.

O condomínio – com cerca de 21 mil m² de área construída – terá amplo espaço de lazer, quadras esportivas, piscina e outros atrativos. A construtora já tem o alvará para iniciar a obra e está iniciando a venda dos primeiros apartamentos.

O resultado de tudo isso, continua o prefeito, “é a movimentação do nosso comércio, seja no setor de material de construção e acabamentos, como também na venda de eletrodomésticos, decoração, móveis planejados e na prestação de serviços, com a geração de dezenas de empregos diretos e indiretos a cada nova obra”, emendou. “Não é por acaso que a Agência do Trabalhador de Umuarama teve o 4º melhor desempenho em todo o Estado na contratação de trabalhadores no mês passado”, completou Pimentel.

  • Assessoria

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.