Região

Tragédia com dupla Conrado & Aleksandro e comitiva

Suspeita de excesso de velocidade será investigada

Um acidente de ônibus ocorrido na manhã deste sábado (7) no interior de São Paulo provocou a morte do cantor sertanejo Aleksandro, 34, da dupla com Conrado. Outras 5 pessoas da comitiva perderam a vida, duas estão em observação e as demais foram liberadas.

Após show, o ônibus da comitiva saiu de Tijucas do Sul (PR) e seguia para São Pedro (SP), onde a dupla tinha apresentação à noite. Por volta de 10h30, na Rodovia Régis Bittencourt – próximo à cidade de Miracatu (SP) – o pneu direito  esquerdo do carro teria estourado. O motorista perdeu o controle da direção, o coletivo invadiu um canteiro central da pista e tombou.

No ônibus viajavam 19 pessoas, sendo que 6 morreram. Duas não sofreram ferimentos e as demais tiveram ferimentos leves, foram socorridas e dispensadas.

O cantor Luiz Aleksandro Talhari Correia, 34 anos, faleceu no local, juntamente com outros 5 membros da equipe. João Vitor Moreira Soares (Conrado) e demais vítimas foram socorridas a um hospital de Registro.

Ônibus tombou no km 402,2 da BR Régis Bittencourt, sentido São Paulo.

A equipe dos sertanejos divulgou os nomes das vítimas: Wisley Aliston Roberto Novais (músico), Marzio Allan Anibal (músico), Giovani Gabriel Lopes dos Santos (roadie/técnico), Roger Aleixo Calcagnoto (músico) e Gabriel Fukuda (técnico de luz).

Aleksandro, 34 anos.

Conrado & Aleksandro iniciaram a carreira no estado do Mato Grosso do Sul. Após a pandemia, a dupla estava fazendo em média 15 shows por mês. A morte do artista comoveu os fãs e outros cantores manifestaram pesar pela ocorrência.

As autoridades vão investigar denúncias de usuários da rodovia de que o ônibus transitava em alta velocidade. Um motorista gravou um vídeo horas antes do acidente acontecer.

  • Editoria Milênio
  • Fotos: Divulgação

 

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.