Umuarama

Empresa de Umuarama fabrica esteiras para aeroportos

Umutorno atua no mercado há mais de 30 anos

Uma empresa de Umuarama tem atendido aeroportos do Paraná e outros estados com esteiras para movimentação de bagagem. Os empresários agora estão buscando incentivos para ampliarem o negócio.

À frente da Umutorno desde 1990, o empresário Kalisbalt David Madeiro foi o responsável pela fabricação da esteira de bagagem instalada no Aeroporto Regional Orlando de Carvalho, que há alguns meses começou a receber voos comerciais. Sua empresa também atendeu aos aeroportos de Rio Verde, em Goiás, Dourados e Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul.

“As esteiras são fabricadas sob medida, porque cada aeroporto tem um formato diferente. Uma das que produzimos, por exemplo, funciona em círculo. O trabalho é praticamente artesanal e começa com o projeto desenvolvido por um engenheiro mecânico. Além disso também produzimos esteiras para cooperativas de reciclagem, prensas hidráulicas, trituradores de galhos, elevadores de carga e outros equipamentos, conforme a necessidade do cliente”, disse o empresário.

Setor industrial em desenvolvimento

Secretário Marcelo Adriano e o empresario Kalibalt Madeiro.

Ao receber a visita do empresário Kalisbalt Madeiro, na manhã desta terça-feira (3), o secretário Marcelo Adriano Lopes da Silva (Indústria, Comércio e Turismo) disse que, embora não seja o carro-chefe da economia, a indústria de Umuarama está em desenvolvimento e gera muitos empregos. “Temos alguns empreendimentos com muitos anos de tradição em nossa cidade, pouco conhecidos da população. Pra se ter uma ideia, em nossa cidade são fabricadas bolsas que aparecem em produções globais, como a novela Pantanal”, ilustrou.

“Pouca gente sabe, mas algumas das nossas indústrias são bem conhecidas Brasil afora, exportando móveis, produtos alimentícios e também maquinário fabricado sob medida, de acordo com as necessidades do cliente”, disse o secretário.

Incentivo à industrialização

A visita à Secretaria de Indústria e Comércio foi para discutir o apoio do município visando a expansão da indústria. “O Kalisbalt e outros empresários locais estão se sentindo estimulados a investir na ampliação dos negócios devido à boa condição do mercado e também aos incentivos que oferecemos por meio do Prodeu (Programa de Desenvolvimento de Umuarama), que prevê inclusive a concessão de terreno em parque industrial”, aponta o prefeito Hermes Pimentel.

Segundo Pimentel, a posição de polo regional de comércio e serviços, boa localização do ponto de vista logístico e o acesso facilitado por rodovias que a ligam a grandes centros – uma delas, a PR-323, em fase de duplicação –, além da linha aérea regular para Curitiba, tornam Umuarama atrativa para investimentos e a Prefeitura tem proporcionado as condições favoráveis.

Prodeu 

A concessão inicial do Prodeu é temporária – por cinco anos –, mas ao final desse período pode se tornar definitiva, caso a empresa permaneça sólida e cumpra todas as exigências contratuais. “Este incentivo é uma forma de atrair investimentos, gerar emprego e renda para nossa economia e favorecer o desenvolvimento das empresas já instaladas”, disse o secretário Marcelo Adriano.

O chefe da Divisão de Indústria e Comércio e agente de desenvolvimento, Paulo Leon Baraniuk, explica que ao longo do contrato são realizadas auditorias anuais para atestar o cumprimento das cláusulas e a empresa beneficiada se compromete a enviar relatórios de suas atividades à comissão municipal de desenvolvimento. Como a procura por terrenos é maior que a oferta, a seleção é feita por concorrências públicas.

  • Assessoria

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.