Educação

Escolas recebem mesas digitais para inclusão de alunos especiais

Mesas oferecem 800 jogos e aplicativos educacionais

A Secretaria Municipal de Educação de Umuarama entregou mesas digitais adquiridas pelo município para equipar salas de recursos multifuncionais de 22 escolas da rede pública. Foram contempladas aquelas unidades que atendem alunos do Ensino Fundamental com dificuldades de aprendizagem.

A entrega aconteceu durante um treinamento realizando no Anfiteatro Haruyo Setogutte, no Paço Municipal, que reuniu diretores, coordenadores e os professores de educação especial que atuam com este público.

O treinamento foi sobre educação inclusiva, com a professora, pedagoga e psicóloga Sirlei Batista Franco Carvalho, que é especialista em Educação Especial e mestranda em inclusão na educação. “A aquisição das mesas foi resultado de um estudo que realizamos sobre a inserção e o desenvolvimento de alunos especiais, que convivem com dificuldades de aprendizado. Conhecemos muitas ideias, propostas e plataformas digitais durante a pandemia e percebemos que algumas opções trariam avanços mesmo com a volta às aulas presenciais”, disse a secretária da Educação, Mauriza de Lima Menegasso.

Prefeito Hermes Pimentel elogiou a iniciativa.

A secretária listou várias aquisições do período que aumentaram a interação entre os professores e com os alunos, o planejamento compartilhado de atividades escolares e novos recursos pedagógicos. “A mesa foi uma ótima opção que encontramos, pois oferecem até 800 jogos e aplicativos educacionais e permitem a utilização – e interação – por até quatro alunos ao mesmo tempo. É uma inovação que existe hoje em apenas 46 municípios do país, incluindo Umuarama”, comentou Mauriza. O investimento foi de R$ 367,4 mil.

O prefeito Hermes Pimentel esteve presente e parabenizou a equipe da Secretaria de Educação pelo trabalho, especialmente na pandemia, que desenvolveu um viés importante no planejamento das atividades escolares e também na relação entre professores e alunos. “Apesar dos problemas da falta de contato, a educação evoluiu e vários recursos e processos usados na pandemia estão sendo incorporados à rotina das escolas. A mesa digital é mais um recurso que trará ganho no aprendizado das crianças especiais, que enfrentam mais dificuldades”, elogiou.

  • Assessoria 

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.