Saúde

Liberação de cirurgias eletivas retoma normalidade

Pacientes devem submeter à avaliação médica para encaminhamento

Após dois anos de interrupções e incertezas, devido à pandemia de coronavírus, as cirurgias eletivas estão retomando o ritmo de normalidade em Umuarama. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, nos últimos meses a média de procedimentos é de 250, incluindo cirurgias gerais e ortopedia.

O secretário de Saúde, Herison Cleik da Silva Lima, explica que as cirurgias eletivas são aquelas que não são consideradas de urgência ou emergência, em que o médico tem condições de agendar o dia e o horário para sua realização, conforme o mapa cirúrgico do hospital credenciado e a data mais propícia. “Temos o setor de Tratamento Fora do Município (TFD), que centraliza e coordena todas as solicitações de cirurgias. As liberações vão sendo feitas conforme as agendas dos médicos, das clínicas e dos hospitais conveniados, sejam eles aqui em Umuarama ou em outros municípios”, conta.

Ele detalha que quando o médico indica a necessidade de cirurgia eletiva, o paciente procura o TFD, apresentando todos os documentos para montar o processo de encaminhamento. “O profissional também deve indicar todos os exames pré-operatórios necessários e então o setor vai protocolar o pedido de cirurgia e, assim que liberada, ele emite a AIH (Autorização de Internação Hospitalar), tudo custeado pelo SUS (Sistema Único de Saúde)”, esclarece.

O secretário afirma que para liberação de cirurgias é preciso que o processo passe por avaliação de médicos auditores contratados pelo município, que analisam a liberação ou não das AIHs. “Os procedimentos cirúrgicos mais procurados são hérnia, vesícula, fimose e litotripsia [para retirada de cálculos renais, conhecidos como pedra nos rins]. Nos últimos meses as cirurgias mais realizadas foram de fimose, vesícula, hérnias, vasectomia, cirurgias ginecológicas e vasculares, otorrinolaringologia e proctologia”, comunica.

  • Assessoria

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.