Umuarama

Lago Aratimbó deverá receber 40 mil peixes neste ano

Inicialmente serão soltos de 15 a 20 mil peixes de espécies da região

Limpo e com novo aspecto visual, o Lago Aratimbó de Umuarama deverá receber aproximadamente 40 mil peixes juvenis. Mas a pesca naquele logradouro público continuará proibida. Outras melhorias serão implantadas nos próximos dias, como a reforma de estruturas e o paisagismo.

Povoamento do lago

O repovoamento da represa será feito com espécies nativas da bacia hidrográfica regional. A Secretaria Municipal do Meio Ambiente está adquirindo cerca de 40 mil peixes juvenis – são 12 mil piaus, 13 mil lambaris e 14 mil curimbas. “Inicialmente vamos soltar de 15 a 20 mil peixes das três espécies, comuns nos rios da região, diferente das espécies existentes hoje no lago, que são exóticas (tilápia e bagre africano)”, explicou o secretário do Meio Ambiente, Rubens Sampaio. Os peixes restantes serão soltos gradualmente.

Pesca proibida

O secretário alertou para uma mudança importante: a pesca no lago será proibida. “Não há nenhuma análise que indique a qualidade da água e se os pescados são próprios para o consumo e além disso, precisamos dar um tempo para que o repovoamento tenha sucesso. Os peixes precisam se desenvolver até atingir a maturidade e isso levará alguns meses”, afirmou Sampaio.

Lago será isolado com cerca de madeira para evitar pesca sem autorização.

Recuperação

A recuperação do Lago Aratimbó foi uma das primeiras ações do prefeito Hermes Pimentel, que assumiu a Prefeitura em setembro do ano passado. “Isso aqui estava abandonado, assoreado e com muita sujeira. A limpeza retirou centenas de toneladas de areia e resíduos que cobriam grande parte da lâmina d’água. Hoje lago recuperou sua exuberância e nas próximas semanas vamos deixar o local ainda mais agradável e atrativo aos visitantes”, destacou o prefeito.

Melhorias 

Entre as melhorias estão previsas a reforma da passarela, plantio de grama nos taludes e paisagismo no entorno, colocação de placas com a proibição da pesca, instalação de cerca de isolamento em madeira, para evitar que a população chegue à margem do lago, instalação de ponto fixo para a presença da Guarda Municipal e implantação de vigilância, bem manutenção dos banheiros, reparos e limpeza dos quiosques para utilização pela população.e a conservação da Prefeitura”, assegurou Sampaio.

  • Assessoria

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.