Umuarama

Umuarama exige posse definitiva do Estádio Lúcio Pipino

Sem investimentos da companhia e da prefeitura, estádio está em estado de abandono

O Poder Legislativo analisa em Sessão Extraordinária nesta quinta-feira (20), autorização à administração municipal de Umuarama  para acordo com a Companhia Melhoramentos Norte do Paraná, visando assumir em definitivo a posse do Estádio Lúcio Pipino.  Também, preparar uma possível doação definitiva do terreno do antigo Fórum, que foi cedido ao Tribunal de Justiça do Paraná, no Centro Cívico.

A Prefeitura recebeu, em 1991, em doação com condição resolutiva, a área de 52.699,50 m² onde localiza-se o estádio municipal, que é de propriedade da Companhia Melhoramentos. A cláusula impede ao município investimentos de recursos financeiros na estrutura, para o desenvolvimento e a manutenção de atividades esportivas. “O acesso a linhas de crédito junto aos governos Federal e Estadual, para reformas na infraestrutura, está impossibilitado pela existência da cláusula resolutiva”, lembra o prefeito em exercício Hermes Pimentel.

“Por isso é necessário o acordo com a proprietária do imóvel, que permitirá ao município executar obras importantes para melhorias e o bom funcionamento do estádio, adequando-o à prática de atividades esportivas e até do futebol profissional, tão esperado pela população”.

Pela proposta, Cia, Melhoramentos ficará somente com a quarta parte do imóvel.

Da área total, 35.700,00 m² permanecerão em propriedade do município sem qualquer cláusula resolutiva ou de reversão, enquanto 16.999,50 m² (pouco mais de 1/4 do imóvel) serão alienados em favor da companhia, que foi responsável pela colonização de Umuarama e é a proprietária legítima do imóvel.

Pimentel lembra que diversos lotes utilizados atualmente pelo município – como praças, ruas, avenidas e outros terrenos – ainda são de propriedade da companhia, que se propôs a outorgar as escrituras públicas desses imóveis sem nenhuma cláusula restritiva, cabendo à municipalidade alienar em favor da companhia a quadra 2-A, Zona V, com área de 2.047,86m².

Fórum antigo

O acordo também retira cláusula resolutiva sobre o imóvel de 3.562,50 m² onde funcionam hoje a Secretaria Municipal de Assistência Social, a Diretoria de Habitação e a Central Farmacêutica da Prefeitura. “O terreno foi doado pela companhia ao Governo do Estado/ Tribunal de Justiça para instalação do Fórum da Comarca. Depois foi cedido temporariamente ao município. Uma doação definitiva do Estado depende da autorização da companhia, prevista neste acordo”, completou Pimentel.

  • Assessoria

 

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.