Três Poderes

Juiz de Direito Carlos Eduardo Udenal é Cidadão Honorário de Pérola

Magistrado foi reconhecido pela sua atuação na comunidade

A Câmara Municipal de Pérola agraciou o juiz de Direito Carlos Eduardo Zago Udenal com o título de Cidadão Honorário daquele município. A honraria foi concedida por meio do Decreto Legislativo 01/2020 e foi um reconhecimento pelos relevantes serviços prestados pelo magistrado à comunidade.

A solenidade de entrega do título honorífico aconteceu dia 11 de outubro, no Centro Cultural. Além do presidente da Câmara Joel Wenceslau Marques e demais vereadores estavam presentes familiares do homenageado, a prefeita Valdete Cunha, o ex-prefeito Darlan Scalco, entre outros convidados.

A outorga do título – por unanimidade, ocorreu na 12ª Legislatura, em 2020, gestão do presidente Lindolfo Bazoti Filho. A solenidade de entrega foi adiada por conta da pandemia de coronavírus, mesmo após a transferência do magistrado para outra sede de comarca judiciária do Estado.

Mesa de Honra com o homenageado e autoridades políticas.

O magistrado é graduado em Direito pela Universidade Paranaense – Unipar, no ano 2007. É filho da ex-prefeita de Iporã, Maria Aparecida Zago Udenal. Atualmente exerce as funções na comarca de Castro.

Carlos Eduardo atuou na comarca de Pérola por quase 7 anos – entre 29 de abril de 2013 a 12 de fevereiro de 2020. Além da atuação judicante, o ilustre e dedicado magistrado foi responsável por vários projetos sociais como “Cantinho do Acolhimento” e “Família Acolhedora”.

Méritos

“É com muita honra que recebi o título de cidadão honorário de Pérola. Ao longo dos meus quase sete anos de judicatura na Comarca de Pérola, sempre mantive diálogo respeitoso e saudável, norteado pelo interesse público, com o Poder Executivo, Poder Legislativo, Ministério Público, Policia Militar, Policia Civil, Conselho da Comunidade, Conselho de Segurança e Lions Clube.

Como corolário disso, implantamos: Projeto de formação de eletricistas no âmbito da Delegacia de Polícia Civil; Projeto de Integração Social pela Leitura; Projeto de Integração Social pela Arte; Projeto Conselho de Segurança de Pérola; Projeto Cantinho do Acolhimento; Projeto Ressocializando pelo Amor aos Animais; Café no Fórum; e Serviço Família Acolhedora”, assinalou o magistrado.

Carlo Eduardo, a mulher Camila Watanabe e autoridades políticas.

 

Juiz Carlos Eduardo, a mulher Camila Watanabe e os filhos.
  • Editoria Milênio
  • Imagens: Divulgação

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.