Saúde

Mais 40 leitos de ‘alas covid’ são desativados em Umuarama

Com a vacinação, número de infectados está baixando

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) reduziu o número de leitos disponibilizados pelo SUS (Sistema Único de Saúde) para tratamento de pacientes com Covid-19, em Umuarama. Nesta quinta-feira (7) foram desativadas 20 UTIs e 20 enfermarias.

Segundo informações da 12ª Regional de Saúde, a baixa taxa de ocupação nas chamadas Alas Covid nos hospitais locais levou à decisão de desativar 10 UTIs e 10 enfermarias no Hospital Cemil e mais 10 UTIs e 10 enfermarias no Hospital Regional Uopeccan, totalizando 40 vagas.
Apenas o Hospital Uopeccan permanece com Ala Covid, dispondo de 10 leitos de UTI e 10 enfermarias. Mesmo com essa redução, a taxa de ocupação é considerada ‘tranquila’ – neste dia havia apenas um umuaramense internado em UTI e cinco em enfermaria.
A Macrorregional de Saúde Noroeste administra leitos destinados a 115 municípios da região. São 217 UTIs e 248 enfermarias em hospitais de Maringá, Campo Mourão, Paranavaí, Cianorte e Umuarama. De acordo com a última atualização, a taxa de ocupação de leitos exclusivos para covid estava em 36% nas UTIs (79 pacientes internados) e 32% nas enfermarias (80 internações) no final da tarde de quarta-feira.

Editoria Milênio

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.