Região

Prefeito enfermeiro é orientado a não aplicar vacinas

Alerta de risco de caracterização de promoção pessoal

O Ministério Público do Paraná, por meio da Promotoria de Justiça de Alto Piquiri, emitiu recomendação administrativa dirigida ao prefeito Giovane Mendes de Carvalho, 44, para que ele deixe de aplicar, pessoalmente e de forma continuada, vacina nos munícipes.

A recomendação foi expedida após o MPPR constatar que o chefe do Executivo municipal – que é enfermeiro, tendo se afastado dessa atividade profissional ao assumir a prefeitura – vinha aplicando pessoalmente a vacina contra o coronavírus em moradores da cidade. Tal situação poderia caracterizar promoção pessoal, uma vez que o município tem profissionais de saúde habilitados e em número suficiente para realizar essa função.

O prefeito respondeu à Promotoria de Justiça, informando que a recomendação será integralmente acolhida.

  • Fonte: MPPR
  • Foto: Reprodução.

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.