Política

Sindicatos protestam contra reforma administrativa

Sindicalistas temem pela precarização de serviços públicos

O Sindicato dos Bancários de Umuarama, Assis Chateaubriand e Região participou, na manhã desta quarta (18), de um ato público contra a PEC-32 e as privatizações. A manifestação aconteceu em frente ao prédio do Pronto Atendimento Municipal de Umuarama.

A atividade fez parte das mobilizações nacionais, convocadas pelas centrais sindicais contra a reforma administrativa proposta pelo governo de Jair Bolsonaro.

O ato público foi organizado pelo Fórum Sindical de Umuarama, organização que reúne os sindicatos com sede ou atuação na cidade de Umuarama. Estiveram no evento, além do Sindicato dos Bancários, representantes dos sindicatos da Construção Civil, dos Correios, do IFPR e da APP-Sindicato. O Pronto Atendimento foi escolhido para local da manifestação por simbolizar o SUS e a eficiência e necessidade dos serviços públicos.

Segundo Edilson José Gabriel, coordenador do Fórum Sindical de Umuarama e diretor de Imprensa e Comunicação do Sindicato dos Bancários, “caso a Reforma Administrativa (PEC-32) seja aprovada, abrem-se as portas para a contratação sem concurso e a privatização e precarização dos serviços públicos. Não se trata da moralização da administração pública, mas da institucionalização do apadrinhamento político, em detrimento da qualidade dos serviços”, finalizou o dirigente.

  • Assessoria de Comunicação
Manifestação de líderes sindicais em frene ao PA24h.

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.