Umuarama

Em Umuarama, coronavírus mata mais homens que mulheres

Covid-19 contamina mais mulheres e provoca mais mortes de homens

Estudo da Secretaria Municipal de Saúde de Umuarama aponta que, em números absolutos, as mulheres são maioria entre as pessoas que se contaminam pelo coronavírus (52%). Porém, quando se analisa as vítimas fatais da doença, 62% dos óbitos são de homens (e 38% mulheres). O comportamento epidemiológico do vírus Sars-CoV-19 é acompanhado pelo COE (Centro de Operações de Enfrentamento ao Coronavírus).

O mês de julho de 2021 fechou com 1.274 casos – 644 mulheres (50,5%), 558 homens (43,8%) e 72 crianças (5,6%), tendo pico de 84 casos (no dia 8) e mínimo de 10 casos (no dia 29). A queda no número de novos casos foi significativa em uma comparação com o mês anterior: 42% (de 2.196 para 1.274).

O estudo mostra ainda que a faixa etária com mais casos positivos é a de 30 a 39 anos, seguida pela de 20 a 29 anos e 40 a 49 anos. Com relação aos óbitos por faixa etária, em primeiro lugar estão os com idade entre 50 a 59 anos, seguidos por 70 a 79 anos e 60 a 69 anos. A média móvel desta semana está em 20 casos, lembrando que já chegou a ser 153 (na semana de 22 a 28 de novembro de 2020).

O levantamento apresenta ainda outros dados, como a profissão das pessoas que foram infectadas pelo coronavírus. Do lar é a que teve mais citações (962), seguidas por empresário/gerente (765), aposentado (762), caminhoneiro (699), desempregado (663), menor (579) e vendedor (542). Já as com menos citações são publicitário/jornalista (30), arquiteto (34), estagiário (40), bancário (61) e rural (106).

Mulheres se recuperam da infecção mais que os homens.

Do total de mortes por covid-19 confirmadas na cidade, 24 pessoas moravam na região do Centro de Saúde Escola (Unipar sede), 15 no Cidade Alta, 11 no Vitória Régia, 10 no Guarani-Anchieta, 8 no Jardim Liboa, 8 na região central, 7 no Jabuticabeiras, 7 no San Remo e 7 no São Cristóvão. Nenhuma morte foi oficialmente registrada nos distritos. O maior número de notificações desde o início da pandemia, em março de 2020, aconteceu no mês de maio de 2021: 4.485. Depois foram os meses de novembro de 2020 (4.441), junho de 2021 (4.032) e junho de 2021 (3.980).

Em Umuarama, a primeira notificação de covid-19 foi no dia 12 de março, em um paciente masculino de 52 anos. Já a primeira confirmação de caso positivo, foi diagnosticado no dia 22 do mesmo mês, em um homem de 30 anos, com histórico de viagem recente para os Estados Unidos e Cancún, no México. O primeiro óbito confirmado foi no dia 28 de abril do ano passado, uma mulher de 52 anos.

BALANÇO COVID — JULHO/2021

 

JULHO / 2021
DIA TOTAL MULHERES HOMENS CRIANÇAS
1 42 19 21 2
2 50 23 25 2
3 60 26 30 4
5 58 32 23 3
6 77 40 32 5
7 65 32 30 3
8 84 46 30 8
9 83 36 43 4
10 71 45 24 2
12 55 16 37 2
13 66 40 22 4
14 73 42 28 3
15 72 31 33 8
16 50 31 16 3
17 46 20 21 5
19 46 24 19 3
20 33 13 19 1
21 26 15 11 0
22 20 14 5 1
23 27 11 15 1
24 27 11 15 1
26 30 17 13 0
27 31 16 12 3
28 20 11 8 1
29 10 5 4 1
30 30 21 9 0
31 22 7 13 2
TOTAIS 1274 644 558 72
50,54% 43,79% 5,65%
Fonte: Boletim Covid – Secretaria de Saúde de Umuarama – Referência: JULHO/2021

CASOS E ÓBITOS POR BAIRRO

REGIÃO CONFIRMADOS ÓBITOS
CSE-Unipar 1754 32
Guarani 1251 30
Cidade Alta 1084 25
Central 862 22
Jardim Cruzeiro 1243 21
Ouro Branco 570 19
Jardim Lisboa 738 18
Bem Estar 1043 18
Jardim Panorama 759 15
Parque San Remo 867 15
São Cristóvão 327 14
Jardim União 334 11
Vitória Régia 999 11
Jabuticabeiras 333 8
Outros 1149 8
Sonho Meu 508 7
1º de Maio 545 5
26 de Junho 421 5
Parque Industrial 295 4
Santa Eliza 52 3
Lovat 119 2
Serra Dourados 184 1
Roberto Silveira 08
  • Fonte: Secretaria Municipal de Saúde de Umuarama

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.