Três Poderes

Paraná registra mais de 1.000 denúncias de fraudes de vacinação

As denúncias envolvem pessoas de 160 municípios

A Comissão Especial (CE) da Assembleia Legislativa do Paraná – que apura fraudes de vacinação contra a Covid-19 no Estado – recebeu nos primeiros meses de trabalho mais de 1.000 denúncias em cerca de 160 municípios, do total de 399.

São acusações diversas, que vão desde desvio de doses, utilização de CPF de pessoas mortas e até o uso de influência para burlar a ordem de imunização.

O presidente da Comissão, deputado Fernando Francischini, explica que o objetivo é elaborar uma legislação que evite irregularidades em campanhas de vacinação nos próximos anos.

O deputado lembra que todas as denúncias são checadas com cuidado e que já foram detectados erros de digitação entre algumas denúncias, especialmente da vacinação de pessoas mortas.

Em agosto, os membros da Comissão darão continuidade às diligências nos municípios investigados e também retornarão à cidades com problemas graves que envolvem além dos fura-fila da vacina, o desvio de recursos públicos destinado ao combate e tratamento da Covid. Apucarana e Umuarama serão as primeiras a receber a segunda diligência da Comissão.

  • Foto: Wallace Machado
  • Assessoria de Comunicação

 

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.