Veículos

Motocicletas ganham ‘área segura’ em semáforos de Umuarama

'Área de Espera' está prevista em lei federal que alterou o CTB

Nos cruzamentos sinalizados por semáforo o trânsito de Umuarama passou a contar com a área de espera – também chamada frente segura –, destinada exclusivamente a motocicletas, motonetas e ciclomotores. O espaço é demarcado por uma segunda linha de retenção, pintada poucos metros antes da linha que delimita o espaço entre os veículos e a faixa de pedestres.

A novidade – prevista na Lei Federal 14.071/20, que entrou em vigor em 12 de abril deste ano e trouxe alterações ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB) – está sendo implantada pela Diretoria de Trânsito de Umuarama (Umutrans). “Essa área de espera é posicionada junto à aproximação semafórica, imediatamente à frente da linha de retenção dos demais veículos, e o intuito é que as motos ocupem o espaço mais à frente e, na abertura do semáforo, saiam antes dos outros veículos”, explica a diretora da Umutans, Dianês Maria Piffer.

A chamada “área de espera” está no Anexo I do CTB. A lei que criou esta sinalização trouxe outras mudanças importantes que afetam diretamente os motociclistas, dentre elas o aumento do limite de idade para o transporte de crianças neste tipo de veículo. “Agora, apenas crianças maiores de 10 anos poderão ser conduzidas em motocicletas, motonetas ou ciclomotor”, alertou Dianês. Antes o CTB permitia o transporte de crianças a partir de 7 anos e meio.

Linha demarcada é exclusiva para motocicletas.

Devido à dificuldade de fiscalização ainda são vistos muitos adultos com crianças pequenas na garupa de motocicletas, inclusive como terceiro ocupante – em meio a adultos. Com a mudança no CTB, esse tipo de comportamento será coibido e a fiscalização deve ser intensificada.

Quanto à área de espera, a Umutrans orienta que os demais condutores se atentem e respeitem o espaço exclusivo dos motociclistas. A diretora reforça que “condutores dos demais veículos devem respeitar a área de espera e possibilitar a passagem dos motociclistas, para que possam usar o espaço da frente segura”, disse.

A frente segura também está sendo implantada em grandes cidades do país, como a capital paranaense Curitiba.  Quem desrespeitar essa sinalização poderá ser autuado de acordo com o Art. 182, IV, do CTB (parar em desacordo com as posições estabelecidas). A infração é de natureza leve, com punição de três pontos na CNH e multa de R$ 88,38.

  • Imagens: Divulgação
  • Assessoria

 

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.