Três Poderes

Justiça suspende comissão processante do prefeito Celso Pozzobom

Comissão analisava requerimento apresentado por adversário político do prefeito

A juíza de Direito Substituta da Segunda Vara Criminal de Umuarama, Sandra Lustosa Franco, determinou em medida liminar a suspensão imediata da Comissão Processante da Câmara Municipal que analisa requerimento que pede a cassação do Prefeito Celso Pozzobom. Com essa decisão judicial, os vereadores João Paulo Rodrigues Maciel de Oliveira (presidente), Cristiane Gimenes (relatora e Ana Novais (membro) renunciaram aos cargos, na manhã desta sexta-feira (25).

Os parlamentares afirmam que a decisão de renúncia se deu mediante ao fato de a juíza ter acatado os argumentos da defesa do prefeito, denunciando que membros de uma comissão (CPI) não podem ocupar cargos em outra (Processante).
Com a renúncia dos membros no sentido de atender a liminar, os documentos que já haviam sido obtidos pela comissão foram repassados ao presidente da Câmara, Fernando Galmassi. Estes ficarão em seu poder até que haja manifestação do Procurador Jurídico do Poder Legislativo Municipal, Diemerson Castilho, no que se refere aos trâmites que devem correr na Casa de Leis nos próximos dias.

[Editoria Milênio] 

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.