Três Poderes

CPI da Saúde abre fase de depoimentos com Cecília Cividini

MPPR suspeita desvio de R$ 19 milhões do Fundo Municipal de Saúde

A ex-secretária de Saúde de Umuarama, Cecília Cividini Monteiro da Silva, é a primeira da lista a ser convocada para prestar depoimento (como testemunha) na CPI Saúde, instituída pela Câmara Municipal para apurar suspeitas de desvio de dinheiro público do setor. Ela será intimada para comparecer na reunião do dia 15 de junho, às 9h.
Os parlamentares que integram a CPI afirmam ter muitos questionamentos em relação às atividades desenvolvidas pela secretaria, a qual Cividine esteve no cargo de secretária por mais de quatro anos.
A presidente da comissão, Ana Novais, bem como relator Mateus Barreto destacaram que pode haver possibilidade de se estender o prazo da reunião por conta dos questionamentos a serem formulados à testemunha. Eles também não descartam a possibilidade de que ela seja convocada em mais momentos do trâmite.
A primeira reunião no formato de oitiva marca o início dos trabalhos com a convocação de testemunhas. No trâmite da prestação de informações também serão requeridas a presença da outras pessoas, tanto da administração pública, quanto de órgãos não governamentais.
Reunião dos membros da CPI da Saúde.
A reunião da CPI desta terça-feira (09) que definiu nomes de testemunhas para convocação teve as presenças de Ana Novais (presidente), Ednei Custódio da Silva (vice-presidente), Mateus Barreto (relator), Cristiane Gimenes e João Paulo Rodrigues de Oliveira. Também acompanharam os trabalhos os vereadores Fernando Galmassi e Antônio Aparecido dos Santos, aos quais também foi concedida à palavra.
[Assessoria de Comunicação]

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.