Três Poderes

Câmara decreta Luto Oficial pela morte do ex-vereador Lucilênio Palomo

Guarda Municipal não teve tempo de ser vacinado

Por meio do Ato da Presidência 04/2021, o presidente da Câmara Municipal de Umuarama, Fernando Galmassi, decretou luto oficial de três dias no âmbito do Poder Legislativo Municipal em decorrência do falecimento do ex-vereador Lucilênio Alvares Palomo, 45 anos. Ele ocupou cadeira no Parlamento Municipal no pleito de 2001-2004, quando a Casa de Leis ainda era formada por 19 cadeiras.

Após deixar as funções legislativas, em 2006 Lucilênio ingressou como membro efetivo da Guarda Municipal, tendo em vista sua aprovação em concurso no mesmo ano. Desde que iniciou suas atividades na entidade, conquistou respeito dos colegas e da comunidade, por seu modo gentil e cordial.

Ele era Ministro de Eucaristia da Paróquia da Catedral do Divino Espírito Santo e membro ativo da RCC (Renovação Carismática Católica). Deixou viúva Francysleyne Palomo Tissei, e órfãos os filhos menores Daniel e Letícia.

Lucilênio é mais uma vítima do Covid 19, que até esta data já ceifou 188 vidas em Umuarama. Ele esteve internado por 18 dias, a maior parte do tempo ocupando um leito de UTI no Hospital Uopeccan. Sua morte deixa a comunidade enlutada e também o Poder Legislativo Municipal, que deverá permanecer com bandeiras a meio mastro por três dias, conforme e vigência do Decreto de Luto Oficial.

  • Foto: Divulgação.

[Assessoria de Comunicação]

 

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.