Três Poderes

Vereadores vão instalar CPI para investigar desvio de dinheiro da saúde

Um requerimento ainda precisa ser aprovado em plenário

Os vereadores de Umuarama decidiram na noite desta segunda-feira (10) instalar uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar possíveis desvios de recursos públicos destinados ao setor da saúde. De acordo com levantamentos já realizados pelo Ministério Público Estadual, os valores chegam a R$ 19 milhões até a atual fase da Operação Metástase.

A Sessão Ordinária realizada à noite contou com a presença de 9 vereadores. Newton Soares do Nascimento não compareceu porque estava de viagem a Curitiba, conforme justificativa apresentada. Havia dois pedidos de instalação de CPI. Um de autoria de Ana Novais e outro de João Paulo Rodrigues Maciel (Sorrisal). Com entendimento, os dois se unificaram com o mesmo conteúdo, e obteve assinaturas (concordância de todos).

Requerimento da CPI em pauta na próxima sessão ordinária.

Ana Novais e Cristiane Gimenes se manifestaram interessadas em participar da comissão investigatória que regimentalmente deve ser composta por 5 vereadores. Em princípio, o prazo será fixado em 3 meses, prorrogáveis pelo mesmo período, caso seja necessário. Segundo o Procurador-Geral da Câmara Municipal, Diemerson Ramos Castilho, o documento deverá ser protocolado até esta quinta-feira (13). Na segunda-feira, um requerimento será votado em plenário.

Na Operação Metástase desenvolvida pelo Ministério Público, Gaeco, Gepatria, com apoio da Sub Procuradoria de Justiça, 7 pessoas foram presas suspeitas em envolvimento numa suposta organização criminosa que desviava dinheiro da saúde há mais de um ano. Também foram cumpridos 62 mandados de busca e apreensão em endereços domiciliares e comerciais. Na ação do dia 5 de maio foram apreendidos equipamentos eletrônicos, documentos, armas de fogo e adinheiro.

[Editoria Milênio]

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.