Policial

Gaeco investiga desvio de recursos públicos de R$ 19 milhões em Umuarama

Operação de combate a corrupção no setor de saúde

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) desencadeou uma operação na Prefeitura de Umuarama e 12ª Regional de Saúde. A ação acontece nesta quarta-feira (5), com ordens de mandatos de prisão e de buscas e apreensões. A investigação se refere a suspeita de desvio de verbas do Fundo Municipal de Saúde e fraude em vacinação da Covid-19.
A operação denominada ‘metástase’ é desenvolvida em parceria com Subprocuradoria de Justiça de Curitiba e do Grupo Especializado na Proteção do Patrimônio Público e no Combate à Improbidade Administrativa (Gepatria). Nesta ação, 7 pessoas teriam sido presas pela manhã, além de cumpridos 62 mandados de busca e apreensões em diversos locais. Os nomes dos detidos não foram divulgados.
Os policiais estiveram no prédio do Paço Municipal, na Secretaria Municipal de Saúde, Regional de Saúde e em hospitais da cidade. Até veículos de agentes políticos foram vasculhados.
Fotos: Reprodução
[Editoria Milênio]
Pode ser uma imagem de automóvel e ao ar livre

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.