Região

Polícia Civil investiga furto de 30 doses de vacina em Terra Roxa

Funcionários do Posto de Saúde estão serão ouvidos pela Polícia

A Polícia Civil está investigando um possível furto de doses de vacina de imunização contra a Covid-19 no município de Terra Roxa (17 mil habitantes). A administração municipal também instaurou um processo administrativo para apurar o sumiço misterioso dos imunizantes.

O desaparecimento de três ampolas contendo 10 doses cada uma foi percebido no dia 31 de março. As 30 doses ficavam armazenadas em um freezer na Unidade Básica de Saúde (UBS) Ângelo Lopes, localizada na Rua Goiás – Bairro Rainha dos Apóstolos, saída para Palotina.

Durante uma vistoria preliminar ao prédio da UBS, foi verificado que não houve arrombamento de portas e janelas.   As imagens do circuito interno foram disponibilizadas à Polícia. O mistério deverá ser desvendado nos próximos dias, acreditam as autoridades.

No dia 1º de abril foi registrado Boletim de Ocorrência da Delegacia de Polícia Civil local, relatando a situação. E no dia 5, o delegado que preside o inquérito enviou à Prefeitura solicitação de relatório com nomes de todos os servidores que atuam naquela UBS, para prestarem depoimentos.

O prefeito Ivan Reis se pronunciou por meio de rede social no final da tarde do mesmo dia, lamentando a ocorrência e se declarando indignado. Ele disse que caso haja culpados, eles serão duramente responsabilizados e punidos pela ação.

Terra Roxa já recebeu 3.500 doses de vacinas e aplicou aproximadamente 3.000. Desde o início da pandemia, cerca e 1.300 pessoas testaram positivo para coronavírus, mais de 1.100 estão recuperados e 20 faleceram com complicações provocadas pela doença contagiosa.

  • Foto: Reprodução.

[Editoria  Milênio]

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.