Umuarama

Mais dois pacientes morreram em Umuarama aguardando UTI

Entre confirmados e suspeitos, são mais de 11 mil pessoas em isolamento domiciliar

Mais dois umuaramenses morreram por complicações da Covid-19, elevando para 108 o total de vítimas da doença em Umuarama. A cidade vive sua pior fase de contágio e mortes em decorrência de complicações provocadas pelo vírus desde o início da pandemia.
Um óbito ocorreu na segunda-feira (15), no Ambulatório de Síndrome Gripais, e o outro na terça-feira (16), no Pronto Atendimento 24h, enquanto os pacientes – dois homens de 63 e 74 anos – aguardavam liberação de vagas em UTI por parte da Regulação da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). Anteriormente, uma técnica de enfermagem já havia sido vítima da mesma situação de colapso no sistema público de saúde.
Conforme a Secretaria Municipal de Saúde já são 17 mortes em março, causadas pelo coronavírus, e 50 desde 1º de janeiro deste ano. Em todo o ano passado, 58 mortes foram atribuídas a complicações da Covid-19.
Casos novos
Nesta quarta-feira (17), mais 32 casos da doença foram confirmados no município – 21 homens e 11 mulheres.
Das 21.708 notificações de síndromes gripais acumuladas desde março do ano passado, 10.491 foram descartadas para coronavírus e 8.425 pessoas testaram positivo, das quais 5.217 já estão recuperadas, 3.063 seguem em isolamento domiciliar e 50 moradores de Umuarama estão hospitalizados – 23 deles em unidades de terapia intensiva (UTI) e 27 em enfermarias.
Há ainda 2.792 pessoas com suspeita de infecção pelo coronavírus. Todas as 33 UTIs Covid contratadas pelo SUS nos hospitais locais estavam ocupadas nesta quarta-feira, bem como 53 das 64 enfermarias exclusivas para pacientes infectados pelo vírus.
[Editoria Milênio]

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.