Umuarama

Faleceu Hélio Takeda, mais uma vítima da Covid-19

Mais de 100 pessoas já perderam a vida em Umuarama em decorrência da Covid-19

Hélio Takeda, 65 anos, perdeu a batalha que vinha travando desde janeiro contra as complicações provocadas em seu organismo pelo coronavírus. A morte de Takeda, anunciada no final deste domingo (14), gerou grande comoção entre familiares e amigos que o consideravam uma pessoa humilde e fantástica em suas atitudes pessoais e profissionais.

Ele atuou na função de diretor administrativo do Hospital Nossa Senhora Aparecida durante 32 anos, e se aposentou em 2019. Rotariano, era muito conhecido e respeitado na cidade, e apreciava as belezas naturais do Rio Paraná.

Takeda – que tinha comorbidades – foi diagnosticado com o vírus da Covid-19 ainda no início de janeiro. Foi hospitalizado no Hospital Nossa Senhora Aparecida, onde precisou ser intubado. Dias depois teve uma sensível melhora em seu quadro clínico, mas a doença severa o obrigou a novo internamento, deste vez em leito de UTI do Hospital Cemil. Por fim, não resistiu e entrou em óbito.

Deixa viúva a mulher Ana Maria, e órfãos os filhos André e Luiz Fernando. Tinha dois netos.

O cerimonial fúnebre acontece em uma das capelas da Acesf até às 14h desta segunda-feira, e o sepultamento ocorrerá no Cemitério Municipal de Umuarama.

  • Fotos: Arquivo Familiar.

[Editoria Milênio]

Hélio Takeda faleceu aos 65 anos.

 

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.