Umuarama

Umuarama registrou a 100ª morte por complicações do coronavírus

Secretaria de Saúde investiga mais de 2.700 casos suspeitos

Umuarama atingiu neste sábado (13) a marca de 100 mortes de pessoas em decorrência da Covid-19. A vítima da doença contagiosa é uma mulher de 45 anos que estava internada no Hospital Norospar morreu na última sexta-feira (12) em razão de complicações da infecção pelo coronavírus.
O primeiro caso confirmado de infecção de umuaramense por coronavírus aconteceu em 27 de março de 2020. Já o primeiro óbito ocorreu em 29 de abril. Com quase 12 meses de situação de pandemia, os números não pararam de crescer. A doença tem sido mais letal para pessoas com idade mais avançada, e entre os profissionais de saúde que estão na linha de frente cuidando de pacientes infetados e perderam a vida nesse período está um médico. Dr. Paulo Pires Ferreira faleceu em 17 de janeiro.
Mais 46 novos casos
Neste sábado, 46 novos casos foram confirmados pela Secretaria Municipal da Saúde. Os infectados são 30 mulheres, 14 homens e 2 crianças, que elevam para 8.293 o total de umuaramenses com diagnóstico positivo para Covid, desde o início da pandemia.
Pessoas recuperadas
A boa notícia é que 5.016 pessoas conseguiram se recuperar da doença, até o momento. Outras 3.147 ainda lutam contra a infecção em isolamento domiciliar, enquanto 48 estão com sintomas mais sérios e permanecem hospitalizadas – (26 delas em unidades de terapia intensiva e as demais em enfermarias).
Já somam 21.411 as notificações de síndromes gripais desde março de 2020, das quais 10.399 foram descartadas para coronavírus e 2.719 suspeitas seguem em investigação.
Leitos Covid
A plataforma que monitora a ocupação de leitos na Macrorregião Noroeste não foi atualizada pelo serviço de regulação da Secretaria de Estado da Saúde, neste sábado. Pelos últimos dados, nos hospitais da cidade a superlotação das alas Covid ainda é um problema sério. Dos 27 leitos de UTI contratados pelo SUS, 26 estavam ocupados na sexta-feira. A situação era um pouco menos grave nas enfermarias, pois dos 60 leitos exclusivos para pacientes com Covid (confirmados ou suspeitos), 50 estavam ocupados.
[Editoria Milênio]

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.